Acredite se quiser

Não dá pra confiar demais em nossos sentidos e em nossa lógica humana… Os discípulos de Emaús passaram duas horas conversando com Jesus no caminho e só O reconheceram quando Ele partiu o pão (Lc 24, 13-32). Maria Madalena O confundiu com o jardineiro (Jo 20,11-18) e só viu que era Jesus quando Ele a chamou pelo nome. Os discípulos O reconheceram na margem do Lago de Tiberíades só depois que de uma pesca milagrosa (Jo 21,1-7). E no dia em que o reconheceram de cara, Jesus precisou fazer de tudo para convencê-los de que não era “só um espírito” (Lc 24,36-43)!

Enfim, sempre foi necessário algo mais para despertar-nos, para levar-nos além de nossa capacidade física e intelectual. Jesus sempre buscará em nós a fé! “Felizes os que creram sem ter visto” (Jo 20,29).

Na verdade, alguns reconhecerão Jesus na Eucaristia. Outros ao descobrir que Ele os conhece, quando ouvirem Deus os chamando pelo nome. Outros ainda, precisarão de algum milagre para acreditar. Haverá aqueles que necessitarão de muitas provas, talvez todas elas, para acreditar que Jesus está vivo. Infelizmente, para alguns, ainda não será o suficiente para compreender que o próprio Deus sofreu tudo aquilo por amor e só descobrirão, talvez bem tarde, a verdadeira felicidade.

Se for preciso, Jesus nos derrubará do cavalo, como fez com Paulo (At 9,3-9): nos tornará cegos, para que ouçamos Sua voz e nos convertamos à verdadeira vida. Bem mais arriscada, diga-se de passagem, mas verdadeira! Jesus está vivo, sim. Acredite!

Leonardo Biondo

Saiba mais: Jesus realmente ressuscitou? 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *