Caminho da Paz

O caminho da Paz é a oportunidade de muitos jovens da Obra Shalom aprenderem a rezar. Com ajuda do pastor do Grupo de Oração, são guiados como ovelhas para o Bom Pastor: Jesus Cristo. O Grupo Totu Tuus é um exemplo dessa vida de oração.

Ao trilhar o caminho da Paz começando pela Fase Kerigma, conhecendo assim o amor de Deus, depois na Fase Filoteia, uma intimidade mais profunda com Deus, e depois, a fase Metanoia, Deus convida a uma mudança de vida, uma conversão sincera, correspondendo ao amor dEle. A vida de oração, auxilia a trilhar “O Caminho de Cruz, que leva a Ressurreição”. Escritos.

Neste ano, a mudança de fase foi em um tempo propicio. O retiro aconteceu na quaresma, época de estarmos com Jesus Cristo, contemplando a sua Paixão, Morte e Ressurreição. As pregações do retiro de mudança de fase tiveram como temas: “Vida de Oração” e “Vontade de Deus”.

Em cada deserto paramos para ouvir o que Deus tinha para nos dizer, na adoração momento de estarmos de coração aberto a Jesus, de deixar que Ele realizasse em nós a sua obra, e assim desejosos e sedentos saímos com mais desejo de ofertar as nossas vidas.

Estamos na fase Koinonia, onde vamos viver um tempo novo que Deus nos chama a viver, nesse ano do jubileu da Misericórdia, Deus que nos sustenta com seu amor e misericórdia. O caminho não é fácil, tem as dificuldades, tribulações, mas na oração encontramos a força para seguir em frente. Somente pela oração somos capazes de corresponder a Vontade De Deus.

Somos ToTu Tuus, todos de Maria, pela intercessão de Maria, sendo consagrados a ela, tendo auxílio da Mãe, deixando que nossa Mãe Maria nos ensine a rezar como ensinou Jesus. Estamos no colo da Mãe, somos cuidado por ela. O ícone de Maria vai nos acompanhar nessa fase, mostrando que não estamos sozinhos, assim como podemos contar com a intercessão dos Santos.

Ronaldo Pereira intercede por nós no céu e temos ele como exemplo de Santidade para seguir. Com a História de São Filipi Neri ficamos mais desejosos de ir além, onde preferimos o Paraíso, do que viver longe da Vida de Oração. Nos preferimos o Paraíso…

Marcos Pereira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *