Discernimento vocacional e oração

FDL_0760Quando se fala em vocação, qualquer bom orientador sabe que o primeiro passo é a vida de oração. Não existe bom discernimento nem vivência vocacional sem uma busca séria, sincera de oração. Isso porque a Pessoa de Deus e a experiência com Ele são a origem e o fundamento de  qualquer vocação.

Podemos constatar isso na vida dos grandes homens e mulheres das Sagradas Escrituras e da Igreja, como a experiência com o Senhor foi o ponto de partida, a via a ser percorrida e o fim de suas existências. Na vida do grande apóstolo Paulo, vemos quantas vezes ao longo do seu árduo  caminho de resposta a Deus ele fez alusão a experiência de Damasco. Algumas vezes para convencer seus interlocutores da autenticidade do seu chamado, de como vira o Senhor e ouvira sua voz (cf. At 9,1-18). Outras vezes parece simplesmente fazer aquilo que o seu povo, os judeus, tão bem realizava: memória bíblica, cujos grandes frutos são a fé, a esperança e a caridade (cf. At 22,1-15).

Cada vez que Paulo fazia memória dos feitos de Deus, de sua voz e olhar inconfundíveis, ocorridos na sacra estrada de Damasco, parecia refazer-se como homem, como cristão, como apóstolo do Senhor (Gl 1,12-15).

Há momento no caminho de qualquer vocacionado em que parece faltar o chão debaixo dos pés e tudo toma as cores da incerteza e a nuvem da dúvida cobre o sol da vida. Nesse momento, ou em qualquer outro mais difícil, sempre nos restará a voz que nos chamou: ela continua ali, viva, forte e vigorosa.

Como Paulo, o vocacionado deve apressar-se em renovar a sua experiência de Damasco.  E onde exatamente se dá essa experiência? Na oração. Na oração, o vocacionado, seja qual for o estágioem que ele se encontre, deve renovar de novo e de novo, quantas vezes forpreciso, a experiência do homem do Evangelho que encontrou um tesouro no campo.Experimentar de novo a alegria do bem encontrado, do vender tudo, do bom negócio,o melhor negócio que alguém poderia fazer (Mt13,44-46).

É importante salientar que reencontrar um tesouro perdido no campo é muito mais  do que encontrar um grande ideal, uma missão, uma função, ou simplesmente um lugar na Igreja. Também não é achar uma regra para se viver, mas é antes de tudo encontrar uma pessoa, se conformar com ela, viver com ela. É encontrar Jesus, princípio e fim de toda vocação.

Form 2010

12 thoughts on “Discernimento vocacional e oração

  1. Como se fará, como se dará…..
    São muitos questionamentos e incertezas acompanhadas de medos, mais quero me decidir pois seja lá qual for a vontade de Deus na minha vida tenho um desejo o de querer descobrir e sanar minhas duvidas.
    Por favor quero fazer meu caminho vocacional em 2017, como faço ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *