“Parabéns! Você é um discípulo/um consagrado!” Mas pelo que exatamente você está me parabenizando?

Entendi que a consagração de vida na minha vida é um caminho por Deus escolhido e que também escolho viver. Por isso mesmo, por essa escolha de Deus para mim de um caminho de santidade estreito, entendo não ter alcançado nada, nem conquistado nada, nem ter feito absolutamente nada que me faça merecer essa vocação. Deus quis. Basta. O que eu posso ter “alcançado/conquistado” foi a misericórdia de Deus que vendo minha miséria me propõe um caminho rigoroso para que eu possa ser uma pessoa melhor. Aliás, a misericórdia foi que me alcançou. Nem todo mundo para ser melhor precisa de um caminho assim.
Daí, constato: sou parabenizada porque Deus teve misericórdia de mim, não porque conquistei algo. É insano pensar que o movimento da consagração acontece de baixo para cima, mas acontece apenas de cima para baixo. Foi Deus quem se abaixou para me abraçar. Por mim mesma não conseguiria alcançá-lo se essa iniciativa não fosse tomada por Deus. Irmãos discípulos e consagrados, não há motivos para ser parabenizado se não for unicamente pela felicidade que sentimos pelo outro por ele ter sido alcançado pela misericórdia dele. A Santa Missa de renovação de promessas, de recebimento do sinal é a ocasião mais solene e mais sagrada de contemplarmos tamanha misericórdia de Deus em nossas vidas. Sim! Vivida com júbilo e com louvor em contemplação, respeitando a Presença Real do Rei a quem pertencemos. Viver esses momentos com postura diferente só demonstra a total falta de entendimento do caminho que se escolhe viver e os passos tímidos de amadurecimento espiritual que se trilhou. A Santa Missa é oferta, louvor, adoração e oração. Não um palco ou pódio com uma torcida que nos assiste. E se chegamos onde chegamos, foi graça de Deus.
Por isso mesmo eu digo aos neo-discípulos e consagrados:
“Parabéns! Deus teve misericórdia da miséria que é você! Você foi alvo do amor misericordioso de Deus!”

Shalom

Jéssica Fernandes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *