“Pobres são vigários de Cristo”, diz Moysés Azevedo em visita a Albergue Shalom

FB_IMG_1457192682145A Casa São Francisco, albergue Shalom, recebeu a visita do fundador da Comunidade Shalom, Moysés Azevedo, na última quarta-feira, 2. Durante o encontro, todos partilharam como família a alegria de sermos irmãos. Moysés destacou que os pobres são um presente de Deus. “Existe um princípio evangélico que diz que os pobres são uma espécie de vigários de Cristo porque Jesus se esconde neles e através deles o Senhor se manifesta a nós”.

Vislumbrar o rosto sofredor de Cristo nos pobres nos traz a oportunidade de encontrar o Senhor, de acordo com Moysés. “Vendo aqueles que mais sofrem e que estão em uma situação difícil, vamos recordando que todos nós somos irmãos e vemos neles o rosto sofredor de Jesus Cristo. Encontrando os pobres, temos a oportunidade de encontrar Jesus. Conversando com eles, temos a oportunidade de ouvir a voz de Jesus. Tocando neles, temos a oportunidade de sermos tocados por Jesus Cristo”, disse.

Só quem pode preencher o vazio que temos em nosso coração é Deus. “O albergue é uma grande oportunidade para todos nós recordarmos que não importa se moramos na rua, em uma casa ou em um apartamento, todos nós temos um profundo vazio no nosso coração que só pode ser preenchido por Deus”, disse Moysés.

Testemunhos

O trabalho do albergue transforma e restaura FB_IMG_1457192723812vidas. Reginaldo Medeiros, 45, está na Casa há pouco mais de um mês. Ele conta que a visita do Moysés o fez refletir sobre a restauração e renovação da sua vida. “O intuito daqui é esse. Que possamos vir para a Casa e possamos dar a volta por cima. Como essa casa está me ajudando, ainda vai servir a muitas outras pessoas”, destacou.

Muitos também são atraídos ao albergue para viver o voluntariado e destinar parte de seu tempo para auxiliar a Casa e seus moradores. É o caso do funcionário público Heitor Furtado, 52. Ele conta que vivia uma situação de tribulações, tentações e pecados, mas teve sua vida transformada depois de participar de uma missa de cura celebrada pelo padre Antonio Furtado em uma quinta-feira no Shalom na Paz (Rua Maria Tomásia, 72 – Aldeota).

Conhecendo o albergue, ele resolveu que deveria ajudar outras pessoas a também terem sua vida transformada. Heitor trabalha em esquema de plantão e, nas quintas-feiras de folga, dedica-se a fazer bolos para vender nas missas de cura e entrega o rendimento para ajudar nas despesas do albergue. “Deus fez uma obra muito grande na minha vida. Eu vivia em uma situação muito complicada de tribulação, de tentações e de pecados. Então, nessas missas do padre Antonio Furtado, minha vida mudou. Conheci o albergue e tentei ajudar. Surgiu essa ideia de fazer esses bolos para vender na missa. É uma pequena ajuda porque são muitas despesas”, ressalta.

 

FB_IMG_1457192706576

Casa São Francisco acolhe simultaneamente cerca de 50 homens moradores de rua e em situação de abondono

Serviço

 

Para doações ao albergue:

Banco do Brasil

Agencia 1369-2

Conta corrente 7399-7

CNPJ 03.038.431/0001-35

Associação Shalom de Promoção Humana

Por Teresa Fernandes

One thought on ““Pobres são vigários de Cristo”, diz Moysés Azevedo em visita a Albergue Shalom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *