São Camilo era médico?

Nome de vários hospitais e clínicas, o título de São Camilo é sempre o mais cotado, chegando a ser uma preferência e porquê não uma referência? Basta colocar o nome do santo na busca do Google e logo você encontra uma lista de opções em todo o Brasil ligando o nome dele a alguma coisa de enfermagem, planos de saúde e até faculdade de medicina. Mas por que mesmo? Por acaso São Camilo era médico?

Camilo era filho único, sua de idade avançada, tinha quase 60 anos quando ele nasceu. O pai era militar e ausente de casa. Até aos 13 anos, sem escolaridade, teve uma educação religiosa aos moldes da mãe, quando ela falece, o jovem rebelde vai morar com o pai, pulando de quartel em quartel e aprendendo com ele o vício cruel do jogo e a fugir dos cobradores.

O pai amava Camilo, aos quatorze anos, no intuito de ajudar, colocou-o para trabalhar no exército como soldado. A essa altura, Camilo mal sabia ler, mas tinha um corpo atlético. Por isso, sobrava para ele os serviços braçais. Por falta de escolaridade, nunca saiu do posto de soldado.

O santo não tinha apenas a doença do jogo, que muitas vezes o levou a sarjetas na gangorra do ganhar ou perder. Tinha um tumor incurável na perna diagnosticado como incurável. Fazia inúmeros tratamentos nos hospitais da época, por fim, como não tinha mais como pagar o tratamento e sem emprego, ofereceu-se para trabalhar como servente e conseguiu trocar sua força de trabalho pelos cuidados médicos, na construção de um mosteiro dos frades capuchinhos.

Convertido aos 25 anos por meio de uma visão, nunca revelada e transferido para outro hospital dos franciscanos, Camilo passa a cuidar de sua ferida física e espiritual, através de sua dedicação para com os doentes terminais, purulentos e rejeitados do hospital. O seu trabalho voluntário, começou a atrair outros jovens que se sentiam chamados, pelo exemplo e fama de Camilo, por amor a Deus, a amar Jesus no enfermo, nascendo então a congregação dos camilianos.

São Camilo teve também o dom da cura pela oração, onde muitos se converteram ao serem cuidados por ele. Outros tantos faleceram na graça de Deus, pois Camilo os levou ao arrependimento e à confissão.

O vício do jogo, que o afundava cada vez mais nas dividas e confusões e sua doença na perna, nada disso foi impedimento para que Deus o resgatasse para Si, manifestando em Camilo a sua glória. Na verdade, o tumor em sua perna foi apenas um pretexto para que outros doentes também fossem alcançados por sua conversão específica em cuidar dos que eram mais esquecidos e rejeitados.

Era tão forte o caminho, o exemplo de Camilo, com sua vocação específica pelos enfermos, bem como  seu zelo pela administração hospitalar, que até hoje a sua congregação e o seu nome se faz presente na Igreja e na saúde.

Oração de São Camilo

Glorioso São Camilo, volvei um olhar de misericórdia sobre os que sofrem e sobre os que os assistem. Concedei aos doentes aceitação cristã, confiança na bondade e no poder de Deus. Dai aos que cuidam dos doentes dedicação generosa e cheia de amor. Ajudai-me a entender o mistério do sofrimento, como meio de redenção e caminho para Deus. Vossa proteção conforte os doentes e familiares, e os encoraje na vivência do amor. Abençoai os que se dedicam aos enfermos, e que o bom Deus conceda paz e esperança a todos. Amém.

Pai Nosso, Ave Maria e Glória.
São Camilo, rogai por nós!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *