Formação

4 etapas para um bom acompanhamento pessoal

Para ajudar aqueles que têm a missão de acompanhar jovens, adultos ou casais, apresentamos a seguir as etapas de um bom acompanhamento pessoal.

Na Vocação Shalom, o acompanhamento de membros de um grupo de oração faz parte do itinerário do Caminho da Paz. Esse recurso busca favorecer o seguimento a Jesus Cristo Ressuscitado. Para ajudar aqueles que têm a missão de acompanhar jovens, adultos ou casais, apresentamos a seguir as etapas de um bom acompanhamento pessoal.

1 – Oração carismática

Deus dá os dons do Espírito Santo para serem usados em vista da nossa santificação e do bem comum. Por isso, é imprescindível utilizá-los na oração que dá início ao acompanhamento. Essa é a primeira etapa e a mais importante, pois é a partir dela que Deus vai se manifestar, dizendo ou mesmo conduzindo aquilo que Ele deseja para a pessoa que está sendo acompanhada.

2 – Escuta atenta

A segunda etapa é marcada pela escuta atenta e acolhedora daquilo que a pessoa tem para partilhar. Pode-se fazer antes uma partilha da oração e a partir daí tocar nos pontos que Deus for revelando. Mas o mais importante é deixar a pessoa falar aquilo que o Senhor mesmo colocar em seu coração. O acompanhamento é o lugar favorável em que a pessoa pode contar suas dores e suas alegrias sem interrupções, sem julgamentos, sem preconceitos.

3 – Aconselhamento

Aconselhar é propor a vontade de Deus que se manifesta pela Palavra e pelos ensinamentos da Igreja. Por isso, a terceira etapa do acompanhamento é esse momento em que a pessoa recebe conselhos que possam ajudá-la no seguimento a Jesus Cristo. Diante de situações difíceis em que não há muito o que dizer, a sabedoria é sempre rezar para que o Senhor mesmo se manifeste na oração. Em seguida, pode-se dar alguns direcionamentos para ajudar a pessoa acompanhada.

4 – Oração final e consagração à Nossa Senhora

Oração no início, oração durante e oração também no final. É Deus quem age em todo o acompanhamento; seja por meio do acompanhador – instrumento ineficaz, mas que Deus quer se utilizar para alcançar seus filhos – seja por meio da pessoa acompanhada que também atenta à condução do Senhor vai percebendo o que Ele deseja para sua vida.

Ao final do acompanhamento, nas mãos da Virgem Maria, o acompanhador confia a vida do acompanhado para que, por sua intercessão, a pessoa possa dar passos firmes, mudar de vida, assumir o caminho de conversão. Vale destacar que tudo que é partilhado em um acompanhamento não deve ser comentado com ninguém, pois a vida da pessoa acompanhada é como um tesouro que deve ser bem guardado.

Dica de Leitura

Para compreender melhor cada fase do acompanhamento, leia Dez dicas sobre grupo de oração. Gabriella Dias, assistente apostólica da Comunidade Católica Shalom, escreveu um capítulo inteiro sobre o acompanhamento pessoal. Além de explicar com mais detalhes cada fase, a missionária traz as palavras do Papa Francisco sobre essa realidade eclesial que é vivenciada na Vocação Shalom desde a sua fundação.

Adquira já o seu livro

Leia também

Um presente da Comunidade para os pastores da Obra Shalom

Edições Shalom lança Dez dicas sobre grupo de oração


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *