Formação

8 dicas para ajudar a viver o amor fraterno

Padre Daniel Ange* partilha sua experiência sobre amor fraterno na escola Jeunesse Lumière.

Confira:

1-  Eu quero receber meu irmão como um presente dado pelo coração de Jesus. Eu vou acolher. Uma comunidade não é um clube de amigos. Nós não escolhemos uns aos outros. Foi Jesus quem nos escolheu por tempo ou para toda a vida.

Na nossa escola fazemos um pacto de confiança, antes de vivermos juntos, onde expressamos o presente que é o irmão.

2- A descoberta. Ao longo dos dias, eu vou aprender a conhecer o meu irmão. Algumas coisas vão me espantar, mas eu sei que é o meu irmão.

3- Escutar uns aos outros. Cada um é uma palavra viva que Deus me fala. Ele é meu mestre de alguma forma. Jesus vai fazendo, assim, minha educação.

4-  Se afinar com os outros, uma comunidade é como uma orquestra, tem as flautas, guitarras, pianos, tudo isso deve ser harmonizado, cada instrumento tem seu lugar. O maestro é quem vai dar harmonia. Cada um toque bem com sua partitura, em harmonia com os outros.

5- Estimular uns com outros. Eu sou ciumento pela santidade do meu irmão? Nós temos que ir para o céu juntos. É preciso que haja esse estímulo mútuo na caridade.

6- É um lugar de cura mútua. Curar uns aos outros no amor.

7- Abençoar-se mutuamente. Na oração da noite, nós nos abençoamos porque meu irmão é uma benção viva.

8- Perdoar-se, perdoar uns aos outros. Não posso abençoar sem pedir o perdão. É um momento maravilhoso.

As disputas, as briguinhas, não são graves, mal-entendidos podem acontecer, isso não é mais grave que os arranhões em uma floresta. Isso se torna grave se os pequenos arranhões se infeccionarem. É preciso que eu desinfete com álcool, o que purifica é o perdão mútuo.

*Mantido o tom coloquial das palavras do autor. Daniel Ange é sacerdote, nasceu em 1932, em Bruxelas, Bélgica. Aos 17 anos entrou na Ordem de São Bento de Clervaux (Luxemburgo). Em 1984, fundou a Escola “Jeunesse-Lumiére” (Juventude-Luz), que começou nos Alpes. Em setembro de 1987, a escola se instalou no sul da França, onde está até hoje. Realizou 220 turnês de evangelização em 42 países e faz intervenções frequentes através dos meios de comunicação.  É autor de livros sobre afetividade e sexualidade, como “Teu corpo feito para o amor” (1985), e de espiritualidade, como “A Oração – Respiração Vital” (2005).


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Como são ricas estas lições de vida que são publicadas aqui. eu adoraria receber o contatos de vocês todos os dias em meu e-mail .

  2. tenhos muitas duvidas :
    como eu sei que o meu coração esta aberto para Jesus .
    como eu sei que me entreguei totalmente a Deus.
    Porque no momento da missa de quando o padre nos apresenta o Santissimo eu repouso .