Sua Busca
Categoria
Ordenar por




Bartolomeu: “O Menino Jesus é o defensor dos refugiados de hoje, dos perseguidos dos Herodes”

Na mensagem de Natal, o Patriarca ecumênico de Constantinopla apela para a solidariedade com os refugiados Em sua mensagem de Natal, o Patriarca ecumênico de Constantinopla, Bartolomeu I, descreveu o Menino Jesus como o defensor dos refugiados hoje, dos perseguidos dos Herodes do nosso tempo. A “doçura” da Noite Santa de Natal, disse o Patriarca, […]

Papa Francisco: A vida só tem valor na doação aos outros

O Papa Francisco, na homilia da Missa na Casa Santa Marta, convida a meditar sobre os quatro protagonistas do fim do Batista: o rei corrupto e indeciso, a mulher diabólica que odiava, a dançarina vaidosa e caprichosa, e o profeta decapitado, sozinho, na prisão, o "maior homem nascido de uma mulher", que rebaixou a si mesmo para fazer crescer Jesus.

Epifania: experiência viva, de grande atualidade na Turquia

O vigário apostólico de Anatólia, Dom Paolo Bizzeti, lê um trecho do Evangelho de Mateus sobre a adoração dos Magos, à luz da experiência da Igreja na Turquia. “Os que estavam longe se aproximaram, e alguns dos mais próximos reagiram com frieza”. “Hoje, aqui na Turquia, vêm pessoas do Oriente em busca de Cristo, algumas vezes visto na internet ou em um livro”

Martírio de São João Batista

Diante da vida de São João Batista, deparamo-nos com o maior dos profetas que serviu da sua vida como percussor do nascimento, da pregação e da morte do Nosso Senhor Jesus Cristo. Por isso, antes mesmo de celebrarmos, como Igreja, a festa do Martírio de João Batista (que tem por origens antigas desde o Século […]

Gravidez interrompida: Nunca imaginei que passaria por isso

“A vida é curta e cheia de dores. Vamos ver nossos filhos que enterramos, novamente no Céu. Acima de tudo, foi na morte do meu primeiro filho que senti mais profundamente a felicidade de ter um filho no Céu, pois Deus me mostrou de forma notável que Ele aceita meu sacrifício. Por intercessão de meu pequeno anjo, recebi uma graça muito extraordinária” (Carta 72 - Santa Zélia Guérin).
1 2 3 10