Formação

A idolatria do ter financia a idolatria do prazer e do possuir

“Dar a Deus as primícias do que temos é experimentar que tudo passa. A partilha de bens me faz compreender o que é necessidade e o que é consumismo”. 

Como administrar os bens segundo a lógica do Evangelho foi o tema do curso ministrado pelo missionário Leandro Formolo no último dia 25 de maio na missão do Rio de Janeiro. Emprego, dízimo, posse de bens e idolatria ao possuir foram alguns dos pontos abordados pelo palestrante. De acordo com Leandro, a partilha dos bens não é uma taxa ou um gesto de bondade, mas é uma forma de confiança e abandono em Deus.

“Dar a Deus as primícias do que temos é experimentar que tudo passa. A partilha de bens me faz compreender o que é necessidade e o que é consumismo”. O curso, que reuniu jovens e famílias, teve como objetivo formar os participantes sobre o segredo da Divina Providência à luz do Evangelho.

A Comunidade Shalom vive da Providência Divina

Alex Lopes, de 30 anos, contou que nunca havia participado de um curso sobre administração dos bens e ficou surpreso ao ver seus bens de uma outra forma. “Percebi que o que eu tenho foi dado por Deus, então devo colocar o que eu recebo à disposição daquele que me deu”.

Vanessa Gomes, 20 anos, partilhou que sai do curso com uma nova percepção sobre a partilha e os efeitos dela sobre nós. “Retemos para nós mesmos os nossos bens. Não percebemos que o Senhor é o dono de tudo na verdade e só me deu estes bens para administrar e partilhar”.

Jovem faz Comunhão de Bens?

Aline Siliprandi, 33 anos, partilhou que o curso mostrou o dinheiro no sentido espiritual, através do Evangelho, e ressaltou pontos que jamais imaginou. “Quando vemos um curso assim acreditamos que é algo referente a poupar dinheiro ou a ganhar dinheiro. Mas o curso nos aponta um sentido diferente do dinheiro e o mais interessante é que faz isso através da Palavra”.

O palestrante finalizou falando que a parte mais difícil para conversão é o bolso e também que a idolatria do ter financia a idolatria do prazer e do possuir. “O dinheiro tem sido causa de tristeza. Por isso, mais do que nunca, a dimensão da Divina Providência quer nos lançar na alegria de falar como São Paulo: Sei bem o que é passar necessidade e sei o que é andar com fartura”.

Quero ser um Benfeitor da Paz

O Benfeitor da Paz é um  canal da Providência. Um missionário em sua própria casa. É aquele que acredita na ação missionária da Comunidade Católica Shalom e através da sua doação, evangeliza e nos ajuda a manter esta obra de Deus.

Clique e faça sua partilha

CARTÃO DE CRÉDITO | CARTÃO DE DÉBITO | DÉBITO EM CONTA | BOLETO BANCÁRIO

Quem ajuda uma obra de evangelização tem méritos de evangelizador. Essa é a experiência que muitos homens e mulheres no mundo inteiro vivem ao contribuir com a missão da Comunidade Católica Shalom.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *