Shalom

Acamp´s São Paulo traz novidades surpreendentes!

Engana-se quem pensa que a única novidade deste Acamp´s é a mudança de local do evento. Além da estrutura que proporciona uma melhor experiência de acampamento para os participantes, houve alterações na organização, como o novo curso Sentido de Vida para servos e jovens que já estiveram em outras edições. Mas uma coisa que não estava nos planos da comunidade e não tinha como fazer parte de seu controle é o aumento na participação de homens.

Normalmente o número de presença feminina é muito maior do que a masculina, a abertura e docilidade para se deixar conduzir pelo Espírito Santo é mais comum entre elas. Porém, este ano os meninos demonstraram ser tão sedentos quanto.

Henrique Alencar tem 16 anos e já participou de sete Acamp´s, para ele esta forte presença masculina é sinal da providência de Deus que vem ao encontro das necessidades da comunidade neste tempo. “Os homens são muito orgulhosos, querem resolver tudo sozinho e isso dificulta a abertura deles para algo novo”. “Fico muito feliz em ver esses jovens aqui e acredito que isso vai trazer uma renovação para nós onde podem surgir muitas vocações”, completa Henrique.

Não é só Henrique que se sente motivado frente aos novos rostos que se apresentam. Monaliza Rocha, consagrada da Comunidade de Vida e coordenadora regional o Projeto Juventude para Jesus – PJJ, da Comunidade Shalom diz que o rosto masculino tem se perdido e “ver homens buscando a Deus gera um olhar de esperança para o novo que está por vir”.

Após cinco anos de missão em São Paulo, este será o último acampamento da missionária neste regional. Em breve, Monaliza partirá para sua nova terra de missão, o governo geral da Comunidade, a Diaconia Shalom, onde fará parte da assessoria jovem. Ao se despedir do Acamp´s, Monaliza destaca que nesta edição pode tocar de maneira muito concreta no cuidado de Deus, sua Providência e entender que Deus faz do jeito que Ele quer. Em cerca de 3 dias o acampamento passou de 300 para 700 envolvidos. “Estou com meu coração apertado é uma profunda dor, mas contemplo também a alegria da ressurreição, Deus se utilizou das nossas vidas e pede para que eu vá ofertar a minha vida em outros lugares”, finaliza.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *