Shalom

Ana Gabriela fala sobre cantar para o Papa

Além de subir ao palco do Festival Halleluya, a missionária é uma das artistas a se apresentar nos Atos Centrais com o Santo Padre.

Com o hit “Eu Vou Gritar”, o som e o estilo de Ana Gabriela, cantora e consagrada da Comunidade Católica Shalom, tem alcançado cada vez mais jovens. A música convida a hacer lío, como diz o Papa Francisco, e a testemunhar o amor de Deus. Na Jornada Mundial da Juventude (JMJ) do Panamá, além de subir ao palco do Festival Halleluya, Ana Gabriela é uma das artistas a se apresentar nos Atos Centrais com o Santo Padre. Para ela, é uma grande graça poder participar desses momentos.

“Eu não estou sozinha, estamos todos juntos”, partilha Gabriela sobre a oportunidade de representar a Vocação Shalom e nação brasileira no evento internacional. Contudo, o que mais a marca é ver os jovens de diferentes culturas com sede de Deus. Ela confessa que chega a se emocionar nos momentos em que vê os jovens cantando, rezando, buscando ver e estar perto do Papa. “Por onde eu olho e eu sinto essa busca de Deus, isso me marca”.

Ana Gabriela canta na acolhida do Papa Francisco

Festival Halleluya

Para Ana Gabriela, cantar fora do Brasil é um novo. Ela conta que o show no Halleluya na JMJ vai ter dança e muita alegria. Confiante no Senhor, a artista partilha que espera também ser surpreendida pela graça de Deus que com certeza vai tocar corações.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *