Mundo

Aprenda a economizar água

torneiraA situação dos reservatórios de água em São Paulo está seríssima.  Já está faltando água em muitos locais e a tendência é piorar cada vez mais. Sim, porque mesmo no cenário mais otimista, supondo que chova muuuito nos próximos dias (o que pelo andar da carruagem não vai acontecer), a situação nos reservatórios vai levar muito tempo para voltar ao normal. Na Cantareira, por exemplo, segundo estimativa de especialistas, deve levar de quatro a cinco anos para que a situação se regularize, caso chova dentro da média esperada.

As campanhas pelo uso racional da água já existem há muito tempo. A redução do consumo é incentivada por descontos na conta e muita gente está colaborando.  Mas é preciso mais! É preciso mudar a mentalidade. Os recursos naturais são sim limitados e a gente precisa economizar água, o máximo possível.

De acordo com a Organização das Nações Unidas, cada pessoa necessita de 3,3 m³/pessoa/mês (cerca de 110 litros de água por dia para atender as necessidades de consumo e higiene). Porém, no Brasil, o consumo por pessoa pode chegar a mais de 200 litros/dia!  Portanto, já passou da hora de revermos nossos hábitos. As dicas abaixo valem para todos, seja qual for o lugar do planeta!

Dicas para uso consciente da água:

Hora do banho:  Cinco minutos são suficientes para higienizar o corpo. A economia é ainda maior se ao se ensaboar fecha-se o registro. Banho de ducha por 15 minutos, com o registro meio aberto, consome 135 litros de água. Se fechamos o registro, ao se ensaboar, e reduzimos o tempo para 5 minutos, o consumo cai para 45 litros.

Escovar os dentes: Se uma pessoa escova os dentes em cinco minutos com a torneira não muito aberta, gasta 12 litros de água. No entanto, se molhar a escova e fechar a torneira enquanto escova os dentes e, ainda, enxaguar a boca com um copo de água, consegue economizar mais de 11,5 litros de água.

Lavar o rosto: Ao lavar o rosto em um minuto, com a torneira meio aberta, uma pessoa gasta 2,5 litros de água. O mesmo vale para o barbear. Em 5 minutos gastam-se 12 litros de água. Portanto, feche a torneira e só volte a abrir para enxaguar-se.

Descarga e vaso sanitário: Privada não é lixeira. Uma bacia sanitária com a válvula e tempo de acionamento de 6 segundos gasta de 10 a 14 litros. Quando a válvula está defeituosa, pode chegar a gastar até 30 litros! Portanto mantenha a válvula da descarga sempre regulada e conserte os vazamentos assim que eles forem notados.

Na cozinha: Ao lavar a louça, primeiro limpe os restos de comida dos pratos e panelas com esponja e sabão e, só aí, abra a torneira para molhá-los. Ensaboe tudo que tem que ser lavado e, então, abra a torneira novamente para novo enxágüe. Só ligue a máquina de lavar louça quando ela estiver cheia.

Área de serviço: Junte bastante roupa suja antes de ligar a máquina ou usar o tanque. Não lave uma peça por vez. Caso use lavadora de roupa, procure utilizá-la cheia e ligá-la no máximo três vezes por semana. Se na sua casa as roupas são lavadas no tanque, deixe as roupas de molho e use a mesma água para esfregar e ensaboar. Use água nova apenas no enxágüe. E aproveite esta última água para lavar o quintal ou a área de serviço.

Jardim e piscina: Use um regador para molhar as plantas ao invés de utilizar a mangueira.  Ao molhar as plantas durante 10 minutos o consumo de água pode chegar a 186 litros. Se você tem uma piscina de tamanho médio exposto ao sol e à ação do vento, você perde aproximadamente 3.785 litros de água por mês por evaporação. Com uma cobertura (encerado, material plástico), a perda é reduzida em 90%.

Calçada e carro: Adote o hábito de usar a vassoura, e não a mangueira, para limpar a calçada e o pátio da sua casa. Lavar calçada com a mangueira é um hábito comum e que traz grandes prejuízos. Em 15 minutos são perdidos 279 litros de água. Para lavar o carro, use um balde e um pano ao invés de uma mangueira.

Fonte: EBC/Sabesp


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *