Igreja

Apresentado livro sobre o Papa João Paulo I

João Paulo I, também conhecido no Vaticano e no mundo como o “Papa do Sorriso”, por sua afabilidade e gentileza, foi proclamado Venerável em 2017, última etapa antes da Beatificação.

O Cardeal Beniamino Stella, Prefeito da Congregação para o Clero e Postulador da Causa de Canonização do Papa João Paulo I, participou, na tarde desta sexta-feira (02/8), na igreja paroquial de Canale d’Agordo, no Vêneto, da apresentação do livro intitulado “Albino Luciani, João Paulo I: Biografia e documentos”.

O volume conta com a participação de 188 testemunhas, inclusive do Dr. Renato Buzzonetti, seu médico pessoal, que constatou a sua morte; a Irmã Margarida Marin, única sobrevivente das Irmãs que prestavam serviço no apartamento papal; e o Papa emérito Bento XVI.

Atividades correlatas

Após a apresentação do volume, os presentes fizeram uma visita guiada à casa natal de Albino Luciani, aberta ao público, pela primeira vez.

A seguir, na Sala de Conferências do Museu Albino Luciani, houve uma mesa redonda, moderada pelo diretor da Fundação Papa Luciani, Loris Serafini, durante a qual o jornalista da Rai, televisão italiana, Antonio Preziosi, falou sobre a sua obra intitulada “João Paulo I: o Inesquecível”.

Volume “Albino Luciani”

Neste livro são apresentados, em ordem cronológica, todos os discursos, efetivamente pronunciados por João Paulo I, que, como excelente comunicador, costumava modificar e complementar os seus textos, preparados para as diversas ocasiões, e até mesmo enquanto falava aos presentes.

O volume contém ainda uma coleção significativa de mensagens, telegramas e cartas enviadas por Albino Luciani, durante seus 33 dias de Pontificado, de agosto a setembro de 1978.

O livro compreende também um estudo sobre o programa do Pontificado, preparado pelo Papa Luciani e sobre sua grande capacidade de transmitir conceitos importantes com palavras simples.

Esta publicação sobre a “biografia e os documentos” de João Paulo I é destinada, não apenas a estudiosos e especialistas, mas também a todos aqueles que desejam aprofundar o conhecimento sobre a vida e o pensamento do Pontífice, que governou a Igreja por apenas 33 dias e ficou para sempre conhecido como o “Papa Sorriso”.

Dados biográficos

Albino Luciani nasceu em Canale d’Agordo, na região do Vêneto, em 17 de outubro de 1912, no seio de uma família humilde de camponeses. Foi ordenado sacerdote em 1935 e Bispo em 1958, Patriarca de Veneza em 1969 e criado Cardeal em 1973, por Paulo VI.

Albino Luciani foi eleito Papa em 26 de agosto de 1978, com o nome de João Paulo I. Vamos ouvir suas primeiras palavras, naquele dia, do balcão central da Basílica Vaticana:

Após apenas 33 dias de Pontificado, faleceu em 28 de setembro, com a idade de 65 anos.

João Paulo I, também conhecido no Vaticano e no mundo como o “Papa do Sorriso”, por sua afabilidade e gentileza, foi proclamado Venerável em 2017, última etapa antes da Beatificação. 

Leia mais

A casa de João Paulo I aberta ao público pela primeira vez


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *