Sem Categoria

O dia em que fui visitar um presídio…

Me chamo Abigail, tenho 21 anos e sou vocacionada da Comunidade Católica Shalom em Brasília. E hoje venho contar uma experiência que tive através do meu ministério que é a Promoção Humana. Lembro-me de uma vez que falei para Deus que eu tinha muita vontade de conhecer um presídio, então eu esqueci que tinha falado e isso me mostrou como ELE vê e percebe tudo que há dentro de nós, no nosso íntimo, Ele nos conhece melhor do que nós mesmos, então foi quando eu menos esperava tive a oportunidade de ir e de mergulhar no amor Dele. E foi nesse momento que desejei fazer muito além do que somente existir, eu queria me sentir viva e o que me dava essa sensação de estar viva era servir ao outro. A promoção humana me salva e vejo como Deus me ama nesse ministério me fazendo experimentar do Cristo pobre, esquecido, marginalizado, aquele Cristo que ninguém se importa, mas Ele me deu essa graça de experimentar desse verdadeiro Amor que é dar e não receber e nem esperar nada em troca.

Dia 05/08/2017 foi a primeira vez que eu fui a um presídio e não sei explicar ao certo o que aconteceu, mas só sei dizer que Deus estava lá, o Deus todo poderoso desceu do seu trono para vir ao encontro dos seus pequeninos, ELE que ao mesmo tempo é tão grande, tão poderoso se faz tão pequeno para nos amar. Quantas vidas tão novas, estão vivendo muitas vezes, sozinhos, sem amparo, e a carência deles é muito grande por um afago humano. Eu cheguei lá completamente insegura e nervosa e ficava perguntando para Deus como seria, o que aconteceria e no meu coração eu apenas sentia, confia e venha descobrir junto comigo, e eu não precisei fazer nada, somente me dispor a está lá com eles e para eles, cheguei cheia de preconceitos e Deus me desestruturou, nesse momento eu pude experimentar da minha miséria do quanto eu julgo sem perceber e quando reconheci isso pedi perdão e foi nesse momento que eu percebi para o que eu nasci! Minha vida teve um sentido naquele momento e o sentido estava em amar sem reservas. Tenho certeza que eu ganhei muito e como fui alcançada e moldada e foi como se as escamas tivessem caído dos meus olhos e pudesse sentir e olhar para o ressuscitado. Eu experimentei daquela sensação de sair de si mesmo para que Deus aja, sou grata á ELE pela Promoção Humana e grata pelos meus irmãos de ministério que se dispõe a dar seus corações por essas vidas, esse dia foi diferente, eu senti algo diferente e pude experimentar desse Amor puro, mesmo não merecendo. Se você tem a oportunidade de ajudar alguém, de rezar por alguém, faça, não esperando ser reconhecido, mas para experimentar da misericórdia de Deus.

                                                                                                                                                                Victoria Arruda


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Ohh minha irmã.. como Deus falou comigo com seu testemunho.
    Como também creio que o Encontro com Cristo está no outro, onde nem imaginamos, onde Deus revela Tua luz na escuridão e investe no coração humano através da doação.
    Eu quero, eu vou, eu consigo!! Deus te abençoe!!