Unsplash
Formação

Como organizar se me falta tempo, espaço e dinheiro?

Entender os seus limites é reconhecer a sua pequenez e decidir por dar um passo de cada vez.

Para sermos claros e diretos, vou logo afirmando que a falta de tempo, espaço ou dinheiro significa que estamos fazendo, possuindo e consumindo mais do que podemos. Essas realidades nos levam a desorganização pessoal e a falta de produtividade, e são sinais claros de uma vivência superficial das virtudes cristãs.

A falta de tempo

A falta de tempo é sinal de comprometimento maior do que você é capaz de realizar. Todos nós temos 24 horas. Deus quando criou o mundo, não deu mais para um e menos para outro… Se seu colega consegue se organizar melhor é porque provavelmente ele consegue discernir e viver um justo equilíbrio na hora de dizer sim para alguma coisa. Você já reparou que todas as vezes que você diz “SIM” para uma tarefa – essa tarefa consome algumas horas do seu dia?

Então, claramente, você terá menos tempo para outra tarefa. Entender os seus limites é reconhecer a sua pequenez e decidir por dar um passo de cada vez. Uma pessoa “multitarefa” está com certeza realizando alguma atividade de sua vida sem o merecido foco. Faça um discernimento claro de todos os seus projetos e vontades, nem tudo o que queremos merece nosso sim. A intimidade com Deus nos revela até onde podemos ir… Saibamos dizer não…

O Papa Francisco cita brevemente na Gaudete et Exsultate a santa indiferença proposta por Santo Inácio de Loyola em seus Exercícios Espirituais. Essa santa indiferença não é viver insensível as necessidades, mas pela razão que nasce da fé, saber equilibrar-se escutando precisamente a voz de Deus à sua volta, e respondendo apenas aos compromissos que Sua voz nos propõe.

A falta de espaço

Você já se percebeu se olhando para aqueles livros empilhados fora da estante por que ela já está lotada ou para aquelas roupas que não cabem no guarda-roupa, você pensou: “Nossa! Falta espaço aqui em casa…!” Por vezes, nos sentimos desconfortáveis com a falta de espaço em nosso quarto, sala ou outros cômodos da casa. Mas, nem sempre a falta de espaço é motivo para ser desorganizado. A falta de espaço quebra nossa capacidade de organização pessoal, e em alguns casos, é sinal de que não reconhecemos os limites espaciais do nosso lar, e acumulamos coisas além do que podemos comportar.  

A falta de espaço, hoje, pode ser sinal de acúmulo, de que estou armazenando coisas além das minhas necessidades… A pobreza é uma virtude que nos coloca um olhar do “essencial”… Suplique-a! Peça que Deus lhe dê a capacidade de ver aquilo que está fora de lugar, e analisar se é o acúmulo que insisto em guardar sem precisar… Quando armazenamos coisas desnecessárias em nosso lar, também fechamos o coração para o desapego e para a partilha de vida e de bens. Você ainda acha que aquela roupa que você nunca usou, depois de um tempão que só você e o Pai sabe, ainda será usada? O que te rouba espaço pode estar te roubando também as chances de despojar-se.

A falta de dinheiro

A falta de dinheiro então… É sinal de que estou comprando mais do que posso. Financiando um nível de vida que não é compatível com minhas entradas. Sabe aquele acúmulo anterior? É com certeza um dinheiro investido em nada. Eu venho vivendo muitos desafios nessa área… Sabe aquelas canetas Stabilo… Eu tenho muitas! Essa semana, revisando meu ano eu fui vendo quanto dinheiro me faltou em outras ocasiões, porque ao invés de usar uma caneta mais baratinha, eu simplesmente queria aquela porque… (aí eu inventava vários motivos né? Risos).

Vamos revisar também em que temos investido? Faltar dinheiro, ao ponto de vivermos desafios sérios, é sinal de que estamos administrando mal os bens que Deus nos confia; e com certeza a dimensão financeira requer, exige e pede de nós uma administração à luz do Evangelho.

Revise sua vida

Então, antes de começar a dizer que lhe falta tempo, espaço e dinheiro… Revise sua vida e como você vai realizando e se comprometendo com as tarefas, segurando coisas desnecessárias e fugindo da Economia do Reino… Pegue seus desafios, leve-os à confissão, à orientação espiritual, à oração… Despojados de nossos exageros, posses, pesos… Livres de uma síndrome de eficiência ativista e de possuir o que quisermos, abramos nossa casa e nosso coração para o Senhor, que se fazendo pobre e humilde, vem habitar exatamente em corações equivalentes à Sua humilde e pobre condição divina.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *