Formação

Comunhão de Bens: Sabedoria de Deus para viver a pobreza

“A sabedoria do Espírito para a Comunidade de Aliança viver o espírito evangélico da pobreza é a Comunhão de Bens”. (ECCSh 140)

Todos nós trazemos na nossa vida externa e na nossa vida interior grandes tempestades e grandes ondas que tentam afundar a barca da Igreja que há em nós, que tentam afundar o templo que é o Espírito Santo que somos nós. Ventos contrários, ondas grandes que tentam nos cobrir e nos afogar. Assim é a ação do mundo exterior e assim é o movimento do mundo dentro de nós.

E para nós que somos da Comunidade, o Senhor Jesus nos dá uma direção clara, uma palavra forte, como é forte o choque da Ressurreição, como é forte o anúncio com parresia, como é forte uma fé marcada por uma vida de convicções, é forte também esta palavra.

Para vivermos a pobreza na Comunidade nós precisamos viver a Comunhão de Bens, e o Senhor Jesus nos diz: “ninguém pode servir a dois senhores, porque ou odiará um e amará o outro, ou dedicar-se-á a um e  desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e ao dinheiro”. Essa palavra nós precisamos primeiramente tocar nela e não ter medo dela.

Aqui, muito antes de nós tentarmos compreender o impacto que a nossa idolatria, a nossa idolatria ao dinheiro, a nossa idolatria que se levanta à vivência da pobreza, a nossa idolatria que impede de nós vivermos a Comunhão de Bens, muito antes de nós termos medo desta palavra, nós precisamos tocar nesta palavra e não olharmos do nosso ponto de vista, mas escutarmos a dor do coração de Jesus que nos diz como Ele se sente toda vez que nós não vivemos o nosso chamado, a dor que Ele sente quando Ele diz que se eu não viver a partilha eu não o estarei O amando.

Como almas esposas, nós precisamos tocar nesta dor, porque só assim nós teremos coragem de em meio às tempestades, quando Jesus nos disser: “vem!” fazermos como Pedro que foi contra a sua própria natureza e a lógica da natureza, caminhando sobre ás águas, e quando a sua fé vacilou porque quando ele começou a caminhar sobre as águas, diz a Palavra de Deus que o vento, a violência do vento redobrou, e aí ele começou a afundar, e aí Jesus irá nos segurar e dizer: “homens de pouca fé, porque duvidastes”. Ele subirá na barca do nosso coração, subirá na barca que há em nós, subirá na barca que há fora de nós que é a barca da Comunidade, que é a barca da Igreja, o vento cessará, e aí sim nós poderemos dizer verdadeiramente: “Tu és verdadeiramente o Filho de Deus”.

Tenha coragem, viva a sua Comunhão de Bens! Shalom!

Por Leandro Formolo

Leia também

Você sabe o que é a Comunhão de Bens?

Comunhão de Bens na palma da mão com o AppShalom

Comunhão de Bens: Preciosa via para avançarmos na santidade

Quero ser um Benfeitor da Paz

O Benfeitor da Paz é um  canal da Providência. Um missionário em sua própria casa. É aquele que acredita na ação missionária da Comunidade Católica Shalom e através da sua doação, evangeliza e nos ajuda a manter esta obra de Deus.

Clique e faça sua doação

CARTÃO DE CRÉDITO | CARTÃO DE DÉBITO | DÉBITO EM CONTA | BOLETO BANCÁRIO


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *