Shalom

Crônica de um carnaval diferente

Os abraços, sorrisos, coreografias e até empolgantes pulos geram uma felicidade simples, mas muito profunda.

Com passos lentos, como os de quem explora uma terra nova, a  jovem ia desbravando os espaços do ginásio Paulo Sarasate, em Fortaleza, no primeiro dia de Renascer. A cada metro andado, algo novo se apresentava. Crescia, em seu coração, a expectativa de se deparar com uma surpresa que pudesse marcá-la para resto da vida.

Entrar na quadra do ginásio, para ela, foi encontrar a alegria. O carnaval aqui é diferente! Os abraços, sorrisos, coreografias e até empolgantes pulos geravam nela uma felicidade simples, mas muito profunda. Parada na entrada, a jovem contemplava a imensidão do ginásio. As arquibancadas lotadas e com faixas pareciam alas de uma grande festa. No entanto, ela não via uma divisão clara entre os grupos. Todos formavam um só povo. De repente…

Pediram que ela afastasse um pouco, pois homens de branco – acólitos – estavam abrindo espaço. Ela compreendeu que alguém muito importante iria passar. Não imaginava quem. Respeitosamente, o jovem cedeu o espaço e passou a buscar entender o que estava acontecendo. Uma procissão começou a entrar no ginásio. É um carnaval diferente mesmo! Não era pequena a procissão. Depois de alguns minutos, uma voz forte pediu: “Aplaudamos Jesus”. Para ela, aquilo foi algo realmente inovador e ao mesmo tempo marcante. Diante dela, iria passar o Senhor. Seu coração acelerou.

Surpresa. Essa palavra define o que vivenciou. Quando Jesus passou, a felicidade que estava sentindo por conta da atmosfera do lugar ganhou um corpo – corpo eucarístico – que ela podia contemplar. De repente tinha aprendido a canção e já estava junto com o público entoando o louvor: “Eu ergo minha mãos para te adorar”. Palavras faltam para explicar a experiência de forma minuciosa, pois ela precisa ser vivenciada. Sua vida foi marcada pela feliz surpresa de que para Deus nada é impossível.

#VemRenascer
De 11 a 13 de fevereiro
A partir das 08 horas no Ginásio Paulo Sarasate, em Fortaleza.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *