(Foto: Jovens que participaram do curso 'Dois em Deus')
Institucional

Jovens participam de curso sobre afetividade e sexualidade

(Foto: Jovens que participaram do curso 'Dois em Deus')
(Foto: Jovens que participaram do curso ‘Dois em Deus’)

O Projeto Juventude para Jesus (PJJ) da missão de Sobral da Comunidade Shalom, realizou nesta quarta (10) um curso sobre afetividade e sexualidade: Dois em Deus. Com duração de três horas dividas entre louvor, palestra e roda de conversa, o Dois em Deus atraiu cerca de 100 participantes, entres eles Vocacionados, Obra Shalom e membros da comunidade.

Deiliane Freitas, consagrada na Comunidade de Aliança Shalom, falou de forma clara e criativa sobre os temas propostos. “Devemos ser dois em apenas um, ou seja, temos que ser Dois em Deus, porque ele deve sempre está no centro de toda e qualquer relação”, disse.

“Deus criou o homem e a mulher para se completar. Da costela do homem Ele fez a mulher, ambos devem ser unidos. Tem que haver um sentido e sentimento de complementariedade na relação”, destacou a palestrante retomando a criação da humanidade quando Deus fez o homem e a mulher.

A pregação teve participação direta dos jovens. Indagados sobre ‘o que é sexualidade’ as respostas foram várias, mas, de acordo com Deiliane, é aquilo que define o ser como ser homem e ser mulher e que isso já foi concebido por Deus na sua própria criação. Sobre a afetividade, o entendido no curso é que é toda capacidade de amar, expressar amor e receber amor.

“No namoro há vários fatores que podem desestruturar o relacionamento, um deles é a desconfiança, esta semeada pelo inimigo”, disse alertando sobre as problemáticas encontradas em uma relação. Segundo a palestrante, um deve se doar ao outro, ser canal de Deus. Quanto aos problemas na afetividade ela citou três: carência, inveja e ciúmes. Contudo, todos eles devem ser levados e trabalhados na vida de oração a dois. “O diálogo é novo nome da caridade (São João Paulo II)”, alertou.

Para que uma relação seja saudável deve-se deixar Deus agir e conduzir. Não são as vontades humanas que regem um namoro, mas sim o desejo de Deus. “O céu é a certeza daqueles que amam a Deus”, comentou a palestrante. Este amar a Deus envolve o sentido de sair da sua própria vontade para fazer a que Ele pede e não corresponder às vontades da carne.

Logo após a pregação houve uma roda de conversa com quatro casais da Comunidade Shalom em Sobral. Todos deram seu testemunho de caminhada e de namoro cristão. “E se eu amar meu companheiro mais do que ele me ama?” – perguntados – a resposta foi: Quando houver essa disparidade é porque você está colocando seu companheiro no centro da relação, o que não pode acontecer. Deus deve ser o centro, como o nome do curso já diz, deve ser Dois em Deus. Ame primeiro a Deus e deixe que Ele conduza o resto.

Com um ambiente tematizado e atrativo, os jovens sentiram-se à vontade para falar sobre os temas e, claro, fazer aquelas fotos (selfies) que só eles sabem fazer.

capa_namoro1 (1)l

Dica de livro

O livro “Namoro Cristão – Rumo à Maturidade no Amor”, lançado pelas Edições Shalom. Clique aqui e compre o seu exemplar na loja web, ou adquira-o nas livrarias Shalom.

“Namoro Cristão” é de autoria da missionária da Comunidade de Aliança Laura Martins. O livro aborda desde a maturidade humana até o casamento, e orienta o leitor a trilhar um caminho de autoconhecimento e discernimento da vontade de Deus.

Segundo a autora, “é um livro interativo, em que a pessoa é motivada a refletir, a questionar-se e a autoavaliar-se sob a luz de Deus, fonte e autor do amor. Também propõe a partilha entre o casal e os formadores, acompanhadores ou diretores espirituais em vista do amadurecimento pessoal e enquanto casal”.

Mateus Ferreira


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *