Institucional

Desapego, um grande passo para quem quer seguir Jesus.

Desapego, um grande passo para quem quer seguir Jesus.
Uma grande conversão começa pelo desapego. O desapego de pessoas, de bens, de si mesmo, dos seus confortos, de sua vida. Jesus não quer tirar nadada da sua vida, Ele quer lhe mostrar a verdadeira liberdade, o ser livre, como os pássaros do campo.
Seguir Jesus é ser feliz para sempre, é ter a certeza de que vai com Ele, para junto dele na casa do Pai. Renunciar a própria vida para seguir Jesus, é um grande ato de conversão e fé, de quem já tem um coração inflamado por amor a Jesus Cristo e ao Reino de Deus.
Para seguir Jesus, nosso coração tem que sair do mundo. Aquele que quiser ser um discípulo de Jesus e permanecer com o coração e os pensamentos no mundo, logo vai encontra um motivo para desistir.
Quando vierem as dificuldades da vida de oração, as exigências do ser discípulo de Cristo; aquele que não tiver por inteiro nesta missão de ser discípulo de Jesus, vai desistir.
O discípulo de Cristo, não pode ter inveja nem ciúmes dos outros. O ciúme e a inveja roubam a nossa fé e matam qualquer desejo de decisão que venha tomar por causa de Jesus Cristo.
Jesus quando escolhe seus discípulos, Ele os escolhe para que, permanecendo juntos dele possam se tornarem mais fortes antes de serem enviados ao mundo para pregarem o evangelho. Ele os prepara e os ensina que para ser discípulo é preciso renunciar tudo, desapegar de tudo que venha impedi-los de serem verdadeiros discípulos e darem testemunho da verde de Deus.
Conversando com os doze discípulos Jesus disse: “se alguém quiser vir com migo, renuncie a si mesmo, tome sua cruz e siga-me.” (Mt16,24-25). Todo aquele que se decide por Cristo para viver uma vocação que é o chamado de Deus, é enviado com autoridade de Jesus Cristo para evangelizar o homem.
Jesus nos chama a uma conversão diária, em cada coisa em cada acontecimento do dia a dia. No evangelho de São Marcos (Mc1,14-20), quando Jesus encontra Pedro trabalhando em sua atividade de pesca, Ele olha a fé, a coragem e a dedicação daquele pescador e diz, “vinde e segui-me e eu vos farei pescador de homens”.
Pedro de imediato larga tudo, não leva nada e acompanha Jesus. A coragem desse pobre pescador, que na sua simplicidade e humilde desapegar de tudo que possuía e vivia, faz dele o grande homem de confiança de Jesus Cristo. E isto o fez testemunhar sua fé em Deus com sua própria vida.
De fato, quem se converte verdadeiramente faz com que Jesus se torne o centro de sua própria vida e a razão da sua existência. Aceitar o convite de Jesus como fizeram Pedro e os demais discípulos, é um grande desafio nos dias de hoje.
Só venceremos esse desafio se confiarmos verdadeiramente neste Jesus, que encontrou Pedro, na beira do mar junto com André, Tiago e João, e Mateus que estava no seu local de trabalho comprando impostos.
Jesus não parou por ai, Ele continua a sua busca por outros Pedro (s), André (s), Tiago (s), João e Mateus, que estejam dispostos a desapegarem de tudo para segui-lo e darem testemunho do Amor de Cristo aos homens com a própria vida. Shalom! Deus o abençoe.
Francisco Rocha, Vocacionado Shalom


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *