Notícias

Dia do Pobre na Missão Recife: uma experiência de sair de si para o outro

Tudo se resume, não apenas em levar o pão material, mas o principal: levar uma palavra de conforto de esperança, valorizá-los como pessoa, como filhos amados de Deus.

Uma noite de muito amor, alegria e encontro. Assim pode-se resumir o Dia do Pobre na Missão Recife, no último sábado, 16. Atendendo ao pedido do Papa Francisco, a Comunidade Católica Shalom celebrou o 3º Dia Mundial do Pobre com um jantar para os irmãos que moram nas ruas e que, como disse o Papa, são o tesouro da Igreja.

“Ao aproximar-se dos pobres, a Igreja descobre que é um povo, espalhado entre muitas nações, que tem a vocação de fazer com que ninguém se sinta estrangeiro nem excluído, porque a todos envolve num caminho comum de salvação.”, disse o Papa exortando toda Igreja a participar desse dia.

Os membros da Comunidade e da Obra Shalom se reuniram na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, em Boa Viagem. Os moradores de rua foram recebidos com música e muita animação. Assistiram à apresentação de uma peça de teatro, conversaram e partilharam um pouco de suas vidas em uma troca enriquecedora para todos.

Uma experiência de partilha

“Eu tive uma experiência de partilhar e escutar de alguns dos irmãos onde eles mais necessitam, querendo falar um pouco de suas vidas. Após a apresentação da peça ouvi de uma senhora que ela sentiu Jesus toca-la através daquela apresentação”, contou Willyana Santos, que participou pela terceira vez Dia do Pobre e atuou na peça.

Valdo Lacerda, membro da Promoção Humana, partilhou o que significou esse dia. “Posso dizer como agrada a Deus sairmos de si para o outro doente, para o outro que sofre. Mas não com as nossas forças, pois por muitas vezes, nossa natureza, rejeita o pobre, o mendigo, o prisioneiro, o doente, mas esses são os prediletos de Deus.”

“Deus quer apenas a nossa boa vontade de sair de nós, ou seja, dar o primeiro passo para estes e o resto Ele faz. Tudo se resume, não apenas em levar o pão material, mas o principal: levar uma palavra de conforto de esperança, valorizá-los como pessoa, como filhos amados de Deus.”, concluiu Valdo, mostrando o objetivo da noite.

Galeria de Imagens

 


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *