Formação

Dicas para controlar a ansiedade

Bem sabemos que o fato de nos preocuparmos não resolve nada; na verdade, o que mais queremos, nesta vida, é deixar de nos preocupar, só não sabemos como fazer isso.

Gosto de olhar fotos antigas e tentar me recordar da ocasião em que elas foram tiradas, pensar no que eu estava vivendo naquele momento e fazer um paralelo com o que mudou daquele dia até hoje. Outro dia, vi uma dessas fotos que me fez refletir uma questão: como eu me preocupava com coisas desnecessárias!

Era o batizado de uma sobrinha há uns quinze anos. Na foto, quase todos estavam alegres, descontraídos e voltados com ternura para aquele pequeno ser vestido de branco que acabara de se tornar cristão pelas águas do batismo. Eu, ao contrário, apareço na foto tão tensa que até minha testa estava franzida. Comecei a pensar se havia alguma razão para eu estar assim tão preocupada na ocasião, e percebi claramente que não. Recordo-me de que foi me pedido apenas para ajudar a posicionar as pessoas na foto e pronto. Só isso.

Combata a ansiedade com a confiança em Deus

Eu me preocupava demais com coisas extremamente desnecessárias, e a foto fez com que eu me recordasse disso. Se você me perguntar, hoje, se eu continuo me preocupando com as coisas, a resposta será sim, com certeza! Mas em uma proporção muito menor, pois tenho aprendido a confiar mais em Deus; e à medida que cresço na confiança, diminuo na preocupação. Na verdade, uma das coisas mais difíceis na vida são as preocupações que temos. Seja com nossos filhos, amigos, cônjuge, pais, emprego e tantas outras coisas que fazem parte de nossa vida. Mas me diga: quem, até hoje, conseguiu resolver alguma coisa à custa de preocupação?

Bem sabemos que o fato de nos preocuparmos não resolve nada; na verdade, o que mais queremos, nesta vida, é deixar de nos preocupar, só não sabemos como fazer isso. Mesmo sabendo que, amanhã, talvez, já tenhamos nos esquecido de quais eram as preocupações de hoje, conscientes de que nossa vida pode deixar de existir a qualquer momento, achamos impossível fazer com que a nossa mente viva tranquila sem nos preocuparmos. Daí, vem a questão: afinal, será que existe algo que possamos fazer para nos preocuparmos menos e darmos um basta na ansiedade?

Dar um basta na ansiedade

Lendo os escritos do padre Henri Nouwen, descobri que existe, sim, uma solução. Ele explica que se é verdade que não podemos mudar seja o que for pelo fato de nos preocuparmos com a situação, o remédio é treinarmos nosso coração e nossa mente no sentido de não perdermos tanto tempo e energia com a ansiedade. Ele também nos mostra o caminho e nos recorda as palavras de Jesus: “Procurai, antes de tudo, o Reino de Deus e sua justiça e tudo mais virá por acréscimo” (Mt 6,33).

Compreendi com isso que, quanto mais tenho me lançado na confiança em Deus e priorizado a ação do Reino d’Ele em minha vida, mais serenidade experimento mesmo em meio às lutas, e a transmito também aos outros. Essa mudança está registrada claramente em minhas fotos, como pude perceber no álbum de família. Como é interessante olharmos para nossa história e percebermos o quanto Deus vai nos moldando pela força de Sua graça! Já parou para pensar sobre isso? Desejo que, no dia de hoje, o Senhor também o visite e fortaleça sua confiança n’Ele, concedendo-lhe mais serenidade e alegria no viver o dia de hoje como ele é: um grande presente de Deus.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *