Mundo

Diocese de Rio Branco recebe doações para famílias desabrigadas

REUTERS695073_ArticoloDiante da situação de várias cidades acreanas, afetadas com alagamentos, devido à cheia do rio Acre, a diocese de Rio Branco (AC) disponibilizou sua conta bancária para receber doações para o projeto “Acre Solidário 2015”, que irá ajudar as famílias desabrigadas.

O assessor das Pastorais Sociais do regional Noroeste da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), padre Luiz Ceppi, enviou pedido a várias lideranças e instituições da Igreja para que seja feita uma oração solidária em favor dos habitantes de Assis Brasil (AC), Brasiléia (AC), Xapurí (AC) e Rio Branco.

Em boletim divulgado na manhã desta quinta-feira, 5, o governo do estado informou que o nível do rio Acre está em 18,34 metros, de acordo com medição realizada às 6 horas.

Os alagamentos afetam na capital, Rio Branco, 53 bairros e 86.937 pessoas. Três pontes e ruas estão interditadas na área central da cidade. De acordo com a Agência de Notícias do Acre, estão disponíveis 26 abrigos, ocupados por cerca de 2,6 mil famílias, num total de 9.251 pessoas.

Doações de alimentos, como leite em pó e massa para mingau, e de itens de uso pessoal, como fraldas descartáveis para crianças e idosos, são recebidas em locais específicos da capital: Palácio das Secretarias, Quartel da Polícia Militar, Igreja Batista do Bosque, Igreja Internacional da Graça, Assembleia de Deus, Igreja Santa Inês, Catedral Nossa Senhora de Nazaré e lojas da rede de Supermercados Araújo no Tangará, Aviário e Isaura Parente.

Para realizar as doações em dinheiro:

Conta Corrente 500-2
Agência 0071-X
Banco Brasil

 

Fonte: CNBB


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *