Notícias

Dois jovens, um único chamado: fazer a vontade de Deus

Para o novo assessor, Vitor Aragão dá dois conselhos: Deus e os jovens. “É muito maior do que a gente pode fazer, mas Deus é que faz por nós. Se nos faltam as mãos é aí que Deus pode reinar e ser o Senhor”.

Acolher o chamado de Deus exige muita coragem, ousadia, disposição. No meio de um mar de gente, o Senhor encontrou essas características em dois valentes jovens e os tornou pescadores de homens, pescadores de outros inúmeros jovens.

Vitor Aragão, natural de Fortaleza-CE, alcançado por Deus no Acampamento de Jovens Shalom em 2007, aos 15 anos. Estudante, comunicativo e espontâneo, ele não imaginava as surpresas que Deus havia lhe preparado. Uma delas foi a paternidade espiritual de jovens espalhados pelo mundo inteiro. Algo muito maior do que ele pudesse esperar, em 2013, recém consagrado na Comunidade de Vida e seminarista, Vitinho foi surpreendido com a eleição de Deus que lhe confiou a coordenação da Assessoria Jovem.

Uma grande surpresa

“Eu não esperava assumir a assessoria porque eu tinha me consagrado há menos de um ano. Também imaginava que viesse uma pessoa mais experiente. Mas o nosso coração, dentro da assessoria, rezava muito por um novo assessor. Eu me recordo que chegando perto do discernimento, eu comecei a sentir da parte de Deus muitos sinais e muitas palavras de eleição de Deus, que me confortaram muito no momento em que recebi o discernimento de que eu iria coordenar a Assessoria Jovem. Saber da minha fraqueza, saber quem eu sou, saber que eu era um jovem missionário como qualquer outro. Mas uma graça de Deus quis me eleger para me salvar”.

Ciente de sua oferta de vida pelos jovens, Vitor Aragão, acolheu com felicidade o novo de Deus em sua vida.

“Eu acolhi feliz o chamado. A gente nunca deve deixar de acolher os grandes chamados de Deus por causa do medo e nem por não se sentir capaz. Nós sempre vamos ser eleitos para grandes missões e a gente precisa ter coragem para abraçar, por que se a gente não for quem é que vai?”, ressaltou.

Graças e Desafios

São muitas as responsabilidades, graças e desafios por estar à frente de um setor responsável pelas ações da Comunidade em vista da evangelização dos jovens. Vitinho destaca que lidar consigo mesmo, sua limitação e humanidade, é o maior desafio. “O maior desafio na assessoria sou eu mesmo porque eu sou um pobre pecador. Se eu fosse mais santo, Deus teria feito mais coisas comigo. Mas sei que Deus supera tudo e todos os dias eu luto para ser mais santo”.

Entre as inúmeras graças, ele ressalta que estar mais perto do Moysés o fez aprender a dar tudo. “O principal aprendizado foi estar tão perto do Moysés. Ele me ensinou muita coisa sobre a vida missionária. Eu aprendi a rezar mais, a evangelizar. A gente aprende tudo. Deus é capaz de fazer um professor de português um ótimo matemático e de um ótimo físico, um bom filósofo”.

Experiência de evangelização

Em todos esses anos, o contato “cara a cara” com os jovens sempre o tocou muito. No momento em que Vitor Aragão vivia grades cansaços na vida missionária, foi um jovem rapaz que mais uma vez reafirmou o sentido de sua vida doada.

“Eu estava coordenando o Acamp’s e quando terminou a Adoração eu estava tão exausto, não do acampamento, mas da vida. Eu não estava nem conseguindo rezar direito. E um jovem parou do meu lado, e fez quase uma confissão comigo, ele foi elencando cada pecado dele, e eu me senti constrangido. No fim da conversa, ele me deu um abraço chorando e disse: obrigado por me escutar, porque você é um celibatário e deu a vida por mim. Se não fosse você, com quem eu poderia rasgar a minha vida desse jeito?

Vitinho afirma que, por meio daquela partilha, sua vocação foi renovada.

“Naquele momento eu esqueci todo cansaço que eu tinha. Tomei a decisão de continuar com a missão com mais intensidade ainda. Eu acho que aquele jovem foi um anjo de Deus para poder me colocar de novo no meu lugar, no momento que eu precisava. Aquele jovem foi capaz de renovar minha vocação com uma frase”.

Eventos mais marcantes

Em 2014, Fortaleza sediou o Congresso Internacional de Jovens Shalom. Vitor Aragão conta que foi naquele ano que ele teve a clareza da dimensão da missão que Deus o confiava. “O ginásio estava lotado e eu me tremendo muito. Pedi ao Moysés para coordenar a oração porque eu não ia conseguir, mas ele colocou o microfone na minha mão e disse: ‘vai, que é você mesmo!’ Comecei a coordenar a oração, pedi para todos fecharem os olhos e cantando ao Espírito olhei para a multidão e, com 22 anos, ouvi Deus me dizer: ‘aqui estão os teus filhos. Esses aqui são os filhos que eu te dou. É uma multidão!’ Foi naquele momento que eu entendi o tamanho da missão que Deus tinha me dado”.

Além do Congresso, o Acamp’s Summer Fest marcou sua história na Assessoria. “Era nosso primeiro evento de verão europeu, era um sonho da Comunidade. Quando aquele acampamento começou nós tivemos muitas batalhas. Chegou ao ponto de a gente ficar sem poder usar o palco, faltou energia e as pessoas expulsavam a gente do local, mas insistimos em ficar porque ainda não tinha acontecido a efusão do Espírito Santo. Quando o Moysés começou a coordenar a efusão, eu me lembro que naquele momento eu senti que nós estávamos enfrentando uma batalha tão grande pela alma daqueles jovens europeus. Quando começamos a orar em línguas, eu tive uma experiência de trazer o céu na vida daqueles jovens”.

Novo tempo

É chegado um novo tempo na vida do jovem guerreiro, Vitor Aragão. O Senhor o envia para Roma, local em que irá terminar seus estudos rumo ao sacerdócio. Questionado sobre a expectativa para mais este passo na missão, Vitinho responde que tudo sempre será pelos jovens.

“Deus me dá uma nova missão para que eu termine meus estudos. Ele coloca em meu coração que sempre vai ser pelos jovens. Por que eu vou ser padre? Pelos jovens também! É uma vocação minha, um lugar onde Deus vai me fazer santo. É pelo sacerdócio que Deus vai me fazer santo. Essa é minha via de santidade e de felicidade. É um novo tempo, vai ser muito diferente, a gente fica mexido, mas ao mesmo tempo é normal porque eu sou um missionário. Eu não tenho expectativas, só quero fazer o que Deus quer”.

Para o novo assessor, Aragão finaliza com dois conselhos: Deus e os jovens. “É muito maior do que a gente pode fazer, mas Deus é que faz por nós. Se nos faltam as mãos é aí que Deus pode reinar e ser o Senhor. Além disso, temos duas raízes profundas do carisma Shalom: a experiência com Deus e os jovens. Nada pode tomar o lugar de Deus. Quando estamos com Deus e com os jovens nós podemos muitas coisas porque Deus é capaz de tudo. Nunca foi a assessoria que precisou de mim, fui eu que precisei dos jovens e da assessoria”, completou.

Bertrand Wadi, o novo assessor jovem

Natural da República Democrática do Congo, Bertrand Wadi adotou Fortaleza como sua cidade em 2014 quando veio estudar na terra do sol. Hoje, missionário da Comunidade de Vida, ele contempla os feitos de Deus em sua história e acolhe o chamado para ser o novo assessor jovem da Comunidade Católica Shalom.

Nomeado, extraordinariamente, por Moysés Azevedo na Assembleia Geral Ordinária em agosto de 2019, ele conta qual foi sua reação. “Eu tomei um susto. O Moysés mesmo disse que a pessoa ia se assustar. Eu não esperava, mas também foi um motivo de alegria que foi preenchendo o meu coração por saber que naquele momento Deus estava confiando a mim tesouros do carisma, tesouros da comunidade, e ali eu fui acolhendo essa obra nova de Deus na minha vida”, destacou.

Bertrand caracteriza, ainda, esse tempo como uma obra de pequenez, de abandono em Deus. “Ter sido nomeado em plena preparação do CJS me levou a contemplar essa grande missão que é muito maior do que eu. Me fez contemplar os jovens e admirá-los, e com isso vou me sentindo muito pequeno, mas pequeno vou me lançando nos braços de Deus. Se Ele quer, eu confio, e vou vivendo uma obra de abandono, verdadeiramente. E assim já posso tocar em várias realidades falando diretamente com os jovens”.

Sinal da profecia

O estrangeiro e valente pescador de homens, Betrand Wadi, sente que este é um tempo em que Deus confirma ainda mais a universalização do carisma. “Para mim, esta nomeação é o cumprimento de uma profecia de Deus que prometeu alargar as tendas da comunidade, do carisma. Como comunidade vivemos esse tempo de internacionalização e Deus nomeia, escolhe, um membro do governo que não é brasileiro, ou seja, ele nos diz que esse carisma é universal, é para todos os homens, todos os continentes. Fazer parte dessa profecia é uma coisa que não consigo explicar, é mistério de Deus que precisa ser vivido com leveza, tranquilidade e oração”.

Mensagem aos jovens: viver com radicalidade o que o evangelho propor

Em seu primeiro dia como assessor, Bertrand pede que os jovens vivam a santidade e radicalidade do evangelho. “Os jovens têm a missão de ser assessores onde estão. A minha missão é pastorear, acompanhar os jovens do Carisma Shalom, mas vou ficar muito feliz e sempre dormir em paz toda vez que souber que naquela missão e naquela cidade tem um jovem que está decidido pela santidade e radicalidade. Isso vai confirmando a missão da assessoria no mundo. Por isso eu peço para que não desistam da santidade. Busquem viver com radicalidade tudo o que o evangelho propor”.

Mensagem para Vitor Aragão

“Vitinho, muito obrigado por este conselho. E muito obrigado por poder tocar tudo que você deixa como legado e como palavras para mim. Eu toquei isso na sua vida e fui tocando também neste tempo de transição, e quero dizer que estarei rezando por você, pela sua nova missão e com certeza estarei sempre contando com sua experiência, como irmão, como missionário dentro da comunidade e na assessoria”.

Priscila Macedo


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *