Igreja

Dom João: clareza e decisão do Papa para proteger os menores

Prefeito da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica, Cardeal João Braz de Aviz, vai participar da reunião convocada pelo Papa Francisco na próxima semana para a proteção dos menores.

Clareza e decisão: assim o prefeito da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica, Cardeal João Braz de Aviz, analisa o decisão do Papa Francisco de enfrentar o tema da proteção dos menores.

O Pontífice convocou no Vaticano para a próxima semana, de 21 a 24 de fevereiro, os presidentes das Conferências Episcopais para refletir e traçar linhas de ação comuns a toda a Igreja.

Em entrevista ao Vatican News, o cardeal brasileiro explica de que modo o tema é tratado em sua Congregação:

“Nós estamos muito estreitamente ligados à convicção daquilo que o Papa Francisco nos diz, de que precisa neste campo muita clareza e decisão. O problema existe e precisa ser tocado de frente. Teremos esta reunião dia 21 à qual o Papa dá muito peso, aliás são quatro dias de reuniões. É uma reunião bastante profunda, acho que será um momento marcante, também pelos campos: psicológico, antropológico, doutrinal, moral, que serão tocados.
 
Nós entramos nisso enquanto também no meio dos religiosos, dos consagrados, o problema existe. Nós não podemos negar, porque chegam os casos aqui na Congregação. Esses casos são seguidos, são de vários tipos e nós temos já aqui dentro da própria Congregação um dos nossos membros que está ligado à Comissão do Vaticano para apurar essas questões.
 
Então nós colaboramos estreitamente realmente para que as coisas caminhem. Não nos omitimos, procuramos não nos omitir diante daquilo que compete a nós, este campo dos religiosos e das religiosas, porque o problema não existe só no meio dos homens, mas também no meio das mulheres e a Igreja precisa ser purificada. Acho que quando o Papa insiste nesta questão, é um ponto que precisa ser resolvido e nós precisamos colaborar”.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *