Institucional

Dom José Antônio, Arcebispo de Fortaleza, encontra-se com Seminaristas da Comunidade Shalom

Na manhã deste sábado, 14, a Diaconia Geral da Comunidade Shalom recebeu a presença de Dom José Antônio, Arcebispo de Fortaleza, para um encontro formativo com os seminaristas da Comunidade Shalom, e para a partilha no banquete eucarístico, quando um dos seminaristas recebeu o ministério do acolitato, em vista da ordenação sacerdotal.

O encontro formativo aconteceu sem muitas formalidades, em um tom de conversa, quando os seminaristas puderam fazer perguntas ao Bispo sobre os mais diversos assuntos pertinentes ao caminho de preparação que estão trilhando. Na ocasião, Dom José pode partilhar sobre o seu caminho vocacional, das primeiras manifestações de Deus em sua infância à missão do episcopado. Indagado sobre os cuidados necessários e as motivações autênticas para um apostolado fecundo, Dom José Antônio afirmou, categoricamente, a primazia do Amor como fonte única para uma oferta de vida fecunda: “Estudo, espiritualidade, pastoral, saúde, lazer, comunicação com os outros, tudo isso faz parte da nossa vida. E tudo isso deve ter um único motivo. Qual é o único motivo? Por que estudo? Quando e como estudo? Por quê?! Por Amor. Como é que descanso? Por que descanso? Por que cuido da saúde? Por Amor. Por que viajo, faço encontros pastorais? Por que rezo, contemplo, medito? Por Amor. O amor é a raiz das manifestações da vida”.

Sobre a salutar preocupação dos seminaristas com os estudos, Dom José Antônio ressaltou o sentido que deve envolver os esforços nessa área: “Não vou estudar porque quero ser doutor, porque quero falar bonito… não. Eu vou estudar para conhecer melhor a humanidade, para conhecer melhor os anseios do coração do homem, as suas buscas, para conhecer a Palavra e ter as respostas de Deus para o coração do homem. Tudo isso para poder amar melhor, conhecer as pessoas melhor, transmitir melhor o sentido da Palavra de Deus, e não falsificá-lo. Não por erudição, pois isso só alimenta o orgulho, a vaidade. Mas todo esforço e dedicação para ter mais instrumentos para amar melhor, ter mais capacidade de fazer o bem”.

Na mesma ocasião, ao final da manhã, Dom José Antônio presidiu a celebração da missa de acolitato de Edinardo de Oliveira, seminarista da Comunidade Shalom e consagrado na Comunidade de Vida, que deu mais um passo importante na caminhada para o sacerdócio.

Na homilia, Dom José, falou da presença de Maria Santíssima durante este tempo de Quaresma a conduzir a Igreja no itinerário até a Paixão e Ressurreição de Jesus. “Se Jesus, no momento da cruz, está dando a vida para gerar uma nova humanidade, a esse parto Nossa Senhora é unida, unida na sua dor. Como a mãe dos sete filhos, nas Escrituras, que ao invés de se desesperar diante da morte dos sete filhos que vão morrendo um a um, pelo contrário, pede a eles: ‘Pelo amor de Deus, testemunhem a própria fé!’. E eles são mortos na frente da mãe. Esse fato, no Antigo testamento é profético, porque, pela Lei de Deus, pela Palavra de Deus, a mãe morre sete vezes no seu coração, quando os sete filhos morrem no seu corpo. Porque a morte do filho, no coração da mãe, é a morte da mãe. Nossa Senhora aos pés da cruz, morre a morte de Jesus.” O arcebispo enfatizou também o chamado de todo cristão a assumir, como Maria, a morte de Jesus, e em sua vida transformar o sofrimento em salvação.

Após a homilia, Dom José Antônio dirigiu algumas palavras ao seminarista Edinardo de Oliveira acerca do sentido do acolitato como serviço junto à eucaristia, “levando Cristo ao corpo dos irmãos, levar os irmãos a formarem o corpo místico de Cristo (…), sendo um promotor da caridade na comunhão dos irmãos”.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *