Notícias

Dom Rosalvo: A dívida do nosso pecado foi apagada, isso é a misericórdia de Deus

Ao comentar o Evangelho do dia, (Lc 11,1-13), o bispo ressaltou que Deus é um Pai de bondade, e que isso se reflete na oração do Pai Nosso, em que Ele quis instaurar na humanidade o sentido de pertença ao Reino dos Céus.

A Missa de encerramento do Festival Halleluya 2019 lotou a Arena em um público estimado em mais de 100 mil pessoas, que reuniram-se para agradecer os dias intensos de graças alcançadas. A Celebração Eucarística foi presidida pelo bispo auxiliar da Arquidiocese de Fortaleza, Dom Rosalvo, que em suas palavras lembrou da importância de reconhecer Deus como Pai, e a partir dessa filiação divina, encontrar amparo, forças e esperança para prosseguir em meio aos desafios da vida.

Ao comentar o Evangelho do dia, (Lc 11,1-13), o bispo ressaltou que Deus é um Pai de bondade, e que isso se reflete na oração do Pai Nosso, em que Ele quis instaurar na humanidade o sentido de pertença ao Reino dos Céus. Segundo o bispo, após a filiação dada gratuitamente por Cristo por meio da remissão dos pecados na cruz, a partir de agora, os homens não são mais escravos da morte, mas filhos que têm dignidade e autoridade sob a terra.

Dom Rosalvo comentou ainda que a oração que Cristo ensinou aos seus discípulos tem três aspectos fundamentais: 1. O reconhecimento de Deus como Pai; 2. A glorificação do Seu nome; 3. O desejo de que o Seu Reino seja estabelecido na terra. O bispo reafirmou a importância de se rezar o Pai Nosso com fé, como filhos que pedem, suplicam ao Pai a misericórdia que não vos será negada.

Em alusão à Primeira Leitura, (Gn 18,20-32), Dom Rosalvo lembrou ao público que “é preciso saber pedir, porque Deus nos escuta, mas Ele têm um tempo para cada coisa, que é diferente do nosso”. O texto bíblico relata a insistência de Abraão que, humildemente, clamava a Deus pela salvação do seu povo. Segundo o bispo, Abraão era consciente da autoridade de Deus e sabia pedir: era insistente, mas humilde, como cada filho deve ser.

Após a Santa Missa, o público viveu o último momento de adoração do evento, com a presença do fundador da Comunidade Católica Shalom, Moysés Azevedo.

O Festival Halleluya continua em cada bairro da Capital Cearense e também da região metropolitana: o evento ”Desperte” acontecerá no próximo final de semana (dias 3 e 4 de agosto), no Shalom mais próximo de você.

Cássia Carvalho


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *