Formação

Dons do Espírito Santo: Dom de Cura

Os Carismas do Espírito, concedidos a todos por ocasião do Batismo e intensificados no Crisma, também são chamados de dons do Espírito Santo. Ele nos capacita com estes dons para servirmos à Igreja de Cristo.

O Dom de Cura foi um dos dons plenamente vivenciados por Jesus durante o seu ministério terreno. Esse dom, que foi tão abundantemente em Jesus, na sua vida, na sua missão e na revelação de sua identidade divina, é um dos Carismas do Espírito Santo que recebemos no Batismo. Ele deve ser manifesto em nossa vida e missão, confirmando com sinais nosso testemunho e pregação.

Para que o Dom de Cura se manifeste, basta que haja um enfermo e um irmão cheio de compaixão que ore para que ele seja curado. Todos possuem o Dom de Cura, o problema é que nem todos o fortalecem, pelo pedido constante ao Espírito Santo e pelo exercício de orar pelos enfermos. O fato é que quanto mais nós pomos ao serviço mais os carismas se manifestam.

O Dom de Cura se manifesta de três formas

Tomando-se por base as três dimensões do homem – corpo, alma e espírito (I Ts 5,23) -, compreendemos que este mesmo homem pode ser atingido por enfermidades em cada uma delas. Existem os males físicos, os males da alma (interiores) e os males espirituais.

Se somos atingidos em nosso corpo por qualquer enfermidade, necessitamos de uma cura física. Se somos atingidos em qualquer área da nossa alma, necessitamos de uma prece para cura interior. Se somos atingidos em nosso espírito, contaminando-nos com falsas doutrinas e afastando-se da sã doutrina da salvação, precisamos de uma oração para cura espiritual ou oração de libertação.

Oração para cura física

Orar por cura física, supõe clamar o poder do amor misericordioso de Deus sobre todos os tipos de enfermidades, desde uma simples dor de cabeça até a cura do câncer e da AIDS. Devemos orar em nome de Jesus, tomando por base a passagem de Is 53, 1-6. Deus cura pelos méritos de Jesus Cristo e não porque sabemos orar, ou porque temos experiências ou ainda porque somos santos.

Existem algumas medidas bem simples que fazem parte da oração para cura física: conhecer a causa da enfermidade; o diagnóstico médico; a imposição das mãos; abrir-se aos Carismas; Oração de autoridade – orar em nome de Jesus.

Oração para cura interior

Na cura interior, atinge-se o coração dolorido do ser humano, tão marcado pelo pecado, pela dor, pelo medo, pelas feridas da vida. A medicina comprova que um grande número de doenças físicas têm componentes emocionais. Orar pela cura interior, é tirar do caminho esses componentes emocionais, que são prejudiciais, a fim de que o homem seja livre pela ação do Espírito Santo para melhor servir a Deus.

Os psicólogos comparam a mente humana com um “iceberg”. A parte externa do iceberg que aparece sobre a água é 10% e 90% está imersa na água. Comparando com a nossa mente, a parte externa é a nossa mente consciente e a parte submersa é a nossa mente inconsciente.

É em nossa mente inconsciente que estão guardadas as lembranças humanas mais profundas. Aí são armazenados nossos traumas, medos, lembranças, sentimentos reprimidos, etc. Jesus veio para curar os corações doloridos e as lembranças de maneira particular.

Oração para a cura espiritual

Chamada também de “oração de libertação”. É um processo de orações em nome de Jesus Cristo, que liberta as pessoas cativas em seu espírito, quando são oprimidas por espíritos malignos. Para orarmos por libertação, basta que conheçamos o problema da pessoa atribulada e saibamos como e por que ela se encontra naquele estado. Ordenar que toda força maligna retire-se da vida desta pessoa em obediência ao nome de Jesus Cristo, para que ela fique livre para o seu serviço e o seu louvor.

Nossa colaboração é essencial

Os Carismas do Espírito, concedidos a todos por ocasião do Batismo e intensificados no Crisma, também são chamados de dons do Espírito Santo. Ele nos capacita com estes dons para servirmos à Igreja de Cristo, através dos irmãos. Os carismas são, portanto, dons de poder para o serviço da comunidade cristã.

Algumas condições para recebermos e perseverarmos na vida carismática: Simplicidade e pureza de coração; Assiduidade da meditação da Palavra de Deus;  Vida de Oração; Desejo de servir aos irmãos como Jesus (Lc 22, 27); Perseverança à recepção dos dons espirituais (sempre abertos para sermos canais à ação e poder do Espírito em nós).

Nossa colaboração é essencial. Deus não nos quer robôs agindo independentemente de colaboração ou de forma mecânica. Ele respeita a nossa liberdade e consentimento. Se cremos, dizemos sim ao que o Senhor quer realizar em nós. Maria Santíssima é o modelo da total abertura: “Faça-se em mim, segundo a Tua palavra” (Lc 1, 38).

Bibliografia Consultada

  • Bíblia Ave-Maria
  • Estudo Bíblico Enchei-vos
  • Carismas – Coleção Paulo Apóstolo
  • O despertar dos Carismas
  • Catecismo da Igreja Católica
  • Christisfidelis Laice
  • Como usar los carismas – Benigno Juanes
  • Lumen Gentium

Dons do Espírito Santo: Dom de Línguas

Dons do Espírito Santo: Dom de Ciência

Dons do Espírito Santo: Dom de Profecia

Dons do Espírito Santo: Dom de Sabedoria

Dons do Espírito Santo: Dom de Cura

Dons do Espírito Santo: Dom da Fé

Dons do Espírito Santo: Dom de Milagres


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *