Shalom

Duas peças teatrais rechearam a programação do “Vamos à Belém” realizado no Parque do Cocó nesse final de semana.

Nessas apresentações, o sentido do Natal foi apresentado ao público de maneira artística, levando à experiência com a verdadeira luz do Natal que se acende no coração de todos que abraçam a alegria e a esperança que o Menino Jesus traz ao mundo.

O conhecido espetáculo “Filho de Deus, Menino Meu” foi apresentado por cerca de 40 atores. A peça conta a história do Natal de maneira irreverente e bem regionalista, com muita dança e música. Baseada no livro homônimo da co-fundadora da Comunidade Shalom, Maria Emmir Nogueira, a produção traz de maneira diferente todo o contexto da vida dos pais de Jesus, a concepção, gestação e nascimento do Menino Deus.

O grupo AVIA de teatro apresentou o inédito “Alumiar”. Na peça atores, contadores de história e músicos contam a verdadeira história do natal em prosa poética, levando o público a redescobrir costumes natalinos e símbolos próprios desse tempo. Com música e sonoplastia ao vivo, interação com a plateia, simplicidade e criatividade, “Alumiar” conduziu o público numa viagem à procura da lamparina mais forte, que vence a escuridão e a morte. Com texto original e humor envolvente, a peça transmitiu a mensagem do Natal enfatizando a importância da Luz trazida pelo evento do nascimento de Jesus Cristo, luz que nunca se apaga e expulsa toda a escuridão. “Alumiar” tem direção de Neide Oliveira e texto de Emerson Rodrigues.

Nessas apresentações, o sentido do Natal foi apresentado ao público de maneira artística, levando à experiência com a verdadeira luz do Natal que se acende no coração de todos que abraçam a alegria e a esperança que o Menino Jesus traz ao mundo.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *