Para Falar de Amor
Notícias

Encontro de mulheres: Para Falar de Amor

O evento será realizado no dia 18 de maio, sábado, a partir das 08 horas, no auditório do Colégio Madre Cabrini, na Vila Mariana, em São Paulo. As vagas são limitadas.

Elas estão de volta! Depois do sucesso da primeira edição, que reuniu 400 mulheres em 2018, o encontro Para Falar de Amor já tem data marcada: 18 de Maio. O ciclo de palestras traz diferentes nomes ao palco, debatendo afetividade e sexualidade, à luz da fé cristã.

Realizado pela Comunidade Católica Shalom, em São Paulo, o encontro se destaca pelos conteúdos compartilhados. Neste ano, as palestras abordam assuntos como: o sentido da sexualidade humana; liberdade e feminilidade; afetividade, codependência afetiva e relacionamentos abusivos; castidade; a missão da mulher na sociedade; autoconhecimento, conhecimento de Deus e vida ofertada.

Fruto de orações pessoais

De acordo com as idealizadoras do evento, a missionária Débora Pires (Comunidade de Vida) e a executiva Marília Saveri (Comunidade Aliança), a proposta nasceu como fruto de orações pessoais. Ao compartilharem sobre as inspirações divinas, entenderam ser essa uma resposta para um problema atual na capital paulista. Segundo as pesquisas, o número de suicídios entre mulheres jovens cresceu 25% nos últimos anos em São Paulo e, de acordo com especialistas, a dificuldade em lidar com decepções amorosas aparece entre as principais causas da perda de sentido na vida.

“Existe um vazio, que tentamos preencher com várias coisas. Às vezes, com excesso de trabalho, com vícios, com a desumanização do sexo, numa sexualidade pobre de sentido. Existe o desejo de ser plenamente amada. E a verdade é que não devemos esperar encontrar esse tipo de amor, absoluto, em pessoas, porque só um amor Infinito preenche o coração. Precisamos conhecer esse Amor. E falar dEle. Então esse é um verdadeiro encontro para falar de Amor. Com A maiúsculo. Porque nós vamos também falar de Deus. Vamos aprender a amar com quem nos amou por primeiro”, explica Marília.

Também para Débora, um dos maiores objetivos é justamente esse de levar as mulheres a terem uma experiência com o amor verdadeiro. “E uma vez curadas por esse amor, assumirem com entusiasmo, responsabilidade e alegria a missão de ser socorro de Deus também para o homem”, diz.

Reflexões sobre a dignidade da mulher

Neste ano, o encontro conta com cinco palestrantes e, como embasamento teórico, elas seguem as catequeses de Karol Wojtyla (São João Paulo II), que trazem reflexões sobre a dignidade da mulher, o amor desinteressado, que não busca o prazer a qualquer preço, mas o dom de si mesma, um amor esponsal. Outros estudos contemporâneos corroboram com o debate, como o conceito de “amor líquido” do sociólogo Zygmunt Bauman, a logoterapia e a busca de sentido, do médico psiquiatra Victor Frankl, e a recente abordagem da Dra. Elizabeth Kipman sobre as dimensões da sexualidade humana.

O evento será realizado no dia 18 de maio, sábado, a partir das 08 horas, no auditório do Colégio Madre Cabrini, na Vila Mariana, em São Paulo. As vagas são limitadas.

Garanta o seu ingresso pelo site: www.encontrodemulheresparafalardeamor.eventbrite.com.br


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *