Foto: Wallace Freitas
Formação

Família que reza unida permanece família

A oração, abre-nos a ação do Espírito Santo que cria uma unidade para além das simpatias e também dos laços sanguíneos.

O Comshalom elaborou uma lista de dicas práticas para melhorar o ambiente familiar. Ao longo desta semana, publicaremos uma série sobre os desafios e oportunidades para fortalecer os laços familiares.

A primeira coisa a saber dessa lista é que ela não é bem uma receita de bolo. Onde misturamos os ingredientes e voilá temos o bolo prontinho. Os ingredientes precisam de um toque pessoal, pois uma família não é igual a outra. Por certo, em algumas talvez se precise de uma dose extra de algum  ingrediente indicado, ou se precise deixar a mistura crescer por mais tempo para ter o resultado esperado.

Os ingredientes dessa lista foram extraídos de diversas homilias do Papa Francisco e do livro Família, Relacionamento conjugal e educação dos filhos.

O diálogo para maturar o amor na vida familiar

A vida em família é feita de pequenos detalhes

Oração

Seria absolutamente genérica essa lista sem  esse item. Família que reza unida, permanece unida. Diria família que reza unida permanece – simplesmente família. Mas, por vezes essa uma prática que encontra muita resistência por conta do tempo, disposição dos membros além de outros fatores

Quem tem uma família logo aprende a resolver uma equação que nem os grandes matemáticos sabem solucionar: em vinte e quatro horas fazem caber o dobro! Há mães e pais que poderiam ganhar o Nobel por esta razão. De 24 horas fazem 48: não sei como fazem mas movimentam-se e fazem-no! Há muito trabalho em família!

O espírito da oração restitui o tempo a Deus, sai da obsessão de uma vida à qual sempre falta o tempo, reencontra a paz das coisas necessárias e descobre a alegria de dons inesperados. Foram estes os efeitos da oração em família destacados pelo Papa Francisco em sua homilia do dia 26 de agosto de 2015.

Reorienta o nosso exterior, mas principalmente o nosso interior. Devolve a hierarquia saudável a nossa vida. Abre-nos, de fato, a alegria dos dons que a providência divina nos destinou.

A oração, abre-nos a ação do Espírito Santo que cria uma unidade para além das simpatias e também dos laços sanguíneos. Uma unidade fruto do amor da própria Trindade que ensina-nos o modo de amar concretamente: abaixando-se para lavar os pés uns dos outros, perdoando, alegrando- se com alegria dos outros, esperando pelos mais lentos, concedendo-nos a criatividade que é própria de quem ama.

Luana Santana


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *