Notícias

Felipe Alcântara: A fé é a razão do forró para mim

“Independente do palco que eu estiver, eu vou estar sempre cantando para Deus”.

Neste mês de junho, o cantor paraibano Felipe Alcântara, da Comunidade Fraterno Amor, se apresenta em edições do Arraiá da Paz no Nordeste. O artista, que esteve no Festival Halleluya, tem show marcado nas cidades de Teresina, Recife e João Pessoa. Em entrevista ao comshalom, ele partilhou sobre sua experiência de Deus e sobre sua missão na música.

Experiência de Deus

Mesmo tendo uma avó materna muito católica, Felipe conta que nunca se interessou por participar de algo que alimentasse sua fé. Ele relata que, quando seu pai veio a falecer, chegou a questionar a existência de Deus, quase tornando-se ateu. Contudo, na época, sua esposa – que ainda era namorada – foi uma via importante para que ele tivesse uma forte experiência de Deus e recuperasse o sentido da vida. “Rafa sempre foi muito engajada nos grupos da Igreja, e sempre me convidou para participar… Ela foi insistindo de uma forma muito sábia e um dia eu fui para uma adoração”.

Durante a adoração, a pessoa que estava conduzindo o momento pediu que os casais se aproximassem, mas Felipe resistiu, no entanto, Rafa insistiu e ele foi. “Naquele dia Deus me fez experimentar o seu amor. Eu vivi a experiência da efusão do Espírito Santo, entregando-me inteiramente à vontade de Deus”, testemunha. O jovem ainda trazia questionamentos em seu coração até que escutou de Deus: “Não duvides que sou Eu que estou aqui [na Eucaristia]”. A partir daí, Felipe buscou uma vida mais próxima do Senhor, participando da Santa Missa, da Adoração e de grupos.

Fé e Forró

Felipe conta que, por um lado, fugia da música, mas, por outro, se sentia inquieto em relação a ela. Ele sempre buscava aprender algo novo, como tocar um instrumento ou mesmo compor uma canção. Mas não podia se dedicar a arte porque precisava trabalhar para ajudar sua família. Com a morte de seu pai, a situação em sua casa ficou desafiante. Contudo, foi em um momento de oração que Deus o surpreendeu mais uma vez. Em uma adoração, Felipe escutou que Deus abria uma porta para um músico. Ele acreditou nessa palavra. Pouco tempo depois, o grupo que fazia parte foi selecionado para participar de um programa de televisão.

“A fé é a razão do forró para mim”, partilha Felipe. O forró é um pretexto que Deus utiliza para chegar a mais corações, de acordo com o artista. “Não adianta se fechar na Igreja, se existe tantas pessoas que precisam do amor de Deus”. O jovem artista reconhece que seu chamado é fazer a diferença no mundo através da música. “Levar o amor, a esperança e a paz através da minha postura, do meu testemunho. Independente do palco que eu estiver, eu vou estar sempre cantando para Deus”.

Dica para os jovens

Para Felipe, o São João sempre foi a melhor festa do ano. A dica que ele dá é para que os jovens enxergem essa festa como um momento de família. “Nunca deixem que o oba oba seja maior que tudo. Não devemos esquecer que o nosso dever maior é alcançar a santidade”.

Carinho pelo Shalom

“Eu pessoalmente tenho um carinho imenso pelo Shalom. Muitas vezes foi o Shalom que me acolheu nessas andanças pelo país. Sou muito grato a Deus por encontrar irmãos. Quero deixar uma grande beijo e um grande abraço. E dizer que estamos de braços abertos para acolher vocês também. Shalom!”


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *