Formação

A Palavra de Deus é luz, pão e água

A Palavra de Deus é a Verdade, ela é a Verdade revelada por Aquele que ama seu povo. Deus quis revelar-Se de diversas formas, e uma delas foi por meio de Sua palavra.

O mês de setembro tornou-se referência para o estudo e a contemplação da palavra de Deus desde 1971, aqui no Brasil. A partir do Concílio Vaticano II, convocado pelo Papa João XXIII em dezembro de 1961, a bíblia ocupou espaço privilegiado na família, nos círculos bíblicos, na catequese, nos grupos de oração e nas comunidades eclesiais.

O que é a Palavra de Deus?

A Palavra de Deus é a Verdade, ela é a Verdade revelada por Aquele que ama seu povo. Deus quis revelar-Se de diversas formas, e uma delas foi por meio de Sua palavra. Ele cria todas as coisas a partir d’Ela, Ele fala e a coisa acontece, afirma-se. No livro do Gênesis vemos de forma muito clara desde o primeiro capítulo (1, 3) Deus que diz: “Haja luz”, e houve luz. Deste modo o Senhor de todas as coisas criou tudo que existe; as coisas visíveis e as invisíveis.

O apóstolo João no início de seu evangelho vai dizer: “No princípio era o Verbo e o Verbo estava com Deus e o verbo era Deus. No princípio, ele estava com Deus. Tudo foi feito por meio dele e sem ele nada foi feito. O que foi feito nele era a vida, e a vida era a luz dos homens; e a luz brilha nas trevas, mas as trevas não a apreenderam” (Jo 1, 1-5) Bíblia de Jerusalém.

A Palavra é luz, pão e água

Jesus nos revela que sua Palavra é luz, é pão e é água. Luz que ilumina os nossos passos, pão que sacia nossa fome e água que faz de nós fontes de água viva jorrando para a eternidade. O profeta Amós no capítulo oitavo, versículo 11 diz: “Eis que virão dias, – diz o Senhor – em que enviarei fome à terra, não fome de pão, nem sede de água, mas de ouvir a palavra do Senhor”.

Jesus é a personificação da palavra de Deus, Ele é o próprio Verbo eterno encarnado para a salvação da humanidade. Ele é este pão e água viva que saciam a nossa fome e sede de justiça. Ele é a luz do mundo, quem o segue não andará nas trevas (Jo 8,12). Ainda em João, agora no capítulo 6, 34-35 “Disseram-lhe: Senhor, dá-nos sempre deste pão!” Jesus lhes disse: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim, nunca mais terá fome, e o que crê em mim nunca mais terá sede.

Fiquemos atentos!

Há na atualidade muitas ideologias, pretensas “verdades”, tomemos cuidado, pois o Senhor nos advertiu que muitos viriam em seu nome, mas que não deveríamos lhes dar ouvidos. Ele disse que as suas ovelhas reconheceriam a Sua voz. Para que possamos reconhecer a voz do Senhor faz-se necessário um conhecimento mais profundo da Sua palavra, pois é nela que está contida a Verdade eterna, a única Verdade a respeito de Deus e de nós mesmos.

Somente quem nos criou pode saber o que de fato nós precisamos para sermos salvos. Há muitos palavrosos insubmissos, pretensos donos da verdade que estão enganando a muitos com fábulas; anunciando um evangelho deturpado com o fim de defender ideologias incoerentes com a verdade do Evangelho ou até mesmo buscando obter algum lucro. Estes, por exemplo, pregam o Evangelho como uma chave para a prosperidade financeira. Um dia serão chamados a prestar contas das suas escolhas.

Mas a leitura atenta da palavra nos mostra muito claramente que nosso Senhor deseja saciar a nossa fome e sede de salvação, de vida eterna, pois foi o que Ele veio fazer aqui, nos salvar. Ele que é o verbo eterno encarnado se dá a nós através do pão da Eucaristia para nos saciar. Portanto, busquemos conhecer este Cristo que se revela através de sua Palavra para não sermos ludibriados e enganados pelos falsos profetas que não têm nenhum compromisso com a salvação das almas.

Promoções do mês da Bíblia na Livraria Shalom

Luiz Marcos Marques Dos Anjos
Psicólogo Clínico, especializando em Logoterapia


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *