Uma noite memorável

Neste conteúdo exclusivo, você confere a partilha da arquiteta e do engenheiro responsáveis pela Igreja do Ressuscitado sobre o processo de construção. A obra já está aproximadamente 60% concluída, segundo o engenheiro. O processo de elaboração do projeto arquitetônico não segue os padrões tracionais, de acordo com a arquiteta.

Leia também os comentários de participantes do Jantar Beneficente sobre a experiência que tiveram ao entrar no templo de oração. As imagens da noite, marcada por uma celebração votiva à Nossa Senhora das Graças, você vê no final desta matéria especial.

Jantar Beneficente

Para celebrar o caminho trilhado e para consagrar a Deus os próximos passos, o Jantar Beneficente da Igreja do Ressuscitado reuniu mais de 600 participantes na noite do dia 27 de novembro, dia de Nossa Senhora das Graças. Realizado na Diaconia Geral da Comunidade Católica Shalom, em Aquiraz (CE), o encontro teve Santa Missa presida por Padre Denys Lima. Na homilia, o sacerdote lembrou as aparições da Mãe de Jesus e destacou aquilo que ela disse para os servos no casamento em Caná: “Fazei o que ele vos disser” (Jo 2, 5).

Os olhos atentos dos fiéis percorriam cada detalhe da construção que recentemente ganhou piso de quartzito. Raimunda Moura, consagrada da Comunidade de Aliança há 20 anos, chegou cedo para a celebração. Ela veio acompanhada por sua filha que entrou na Igreja pela primeira vez. “Muito bonita, muito acolhedora, a gente vê que será uma Igreja que nos fará sentir sempre em paz”, comentou. Raimunda partilha que é uma alegria enorme ver a realização desse projeto que é do coração de Deus.

No final da celebração, Leandro Formolo, ecônomo geral da Comunidade, apresentou as fases já concluídas da obra e atualizou os participantes das ações em execução. O missionário ainda explicou que as próximas fases terão como foco as portas e o forro acústico da Igreja, além da conclusão da fixação dos vitrais. “Deus nos disse para construirmos um lugar que será referência para as nossas capelas”, ressalta. Ele reforçou a importância da doação e da oferta da geração atual que terá grande impacto na vida de muitas crianças, jovens e famílias no futuro.

Um lugar de portas abertas

A Igreja do Ressuscitado que Passou pela Cruz é a primeira Igreja que está sendo erguida pela Comunidade Católica Shalom. Segundo Moysés Azevedo, fundador da Comunidade, “ela será um lugar de portas abertas, de coração aberto para receber tantos que virão aqui e que experimentarão da misericórdia de Deus, da força da ressurreição de Cristo, do Ressuscitado que passou pela cruz e que traz o dom da paz. Nela serão enviados missionários para o mundo inteiro”. Faça a diferença nesta construção, doe!

Clique e faça sua doação

Responsáveis pela obra

Janice Dantas

Arquiteta

Tem um conceito na Arquitetura que se chama experiência do lugar. Esse conceito trata daquilo que a pessoa vivencia em um local antes mesmo de querer saber a história ou os dados da construção arquitetônica. Janice utilizou essa definição para explicar um pouco o processo de criação de cada espaço da Igreja do Ressuscitado. Ela ressaltou que toda a obra tem sido uma experiência laboratorial, testando recursos, técnicas e materiais que favoreçam uma expressão eficaz do Carisma Shalom para cada pessoa que entrar na Igreja.

"Uma das riquezas da Igreja católica é a arte sacra, é entender que o homem se comunica por símbolos e que os símbolos fazem parte de uma linguagem muito potente de experiência. Então, eu queria convidá-los a se envolver com a obra em cada visita, tentem se envolver. O nosso papel é tentar chegar um pouco no que Manoel de Barros dizia: 'eu queria chegar na semente da palavra'. O nosso papel enquanto desenvolvimento de arquitetura é chegar na semente do Carisma, chegar no símbolo constitutivo do Carisma. Ao chegarmos nesse símbolo, uma pessoa de qualquer religião e de qualquer nacionalidade terá uma experiência com o Carisma".

Sobre o método de criação do projeto da Igreja, Janice afirma que ele é um processo sobretudo interior. "Isso tá sendo muito encarnado. A técnica é só uma forma de revelar a aquilo que nos é apresentado. Por exemplo, quando fui fazer os vitrais cheguei em um ponto que eu não estava conseguindo descobrir a verdade do vitral. Aí eu cheguei para o Moysés e disse: tô emperrada nisso. Aí ele veio e me ajudou. Então, não é uma coisa que eu estou criando, é uma experiência de revelação mesmo. É uma experiência de ir construindo e de estar a disposição desse processo. É um processo muito diferente de outras construções. Se você vai fazer uma casa, você precisa ler a alma da pessoa porque você vai abrigar aquela alma. Mas uma Igreja é diferente, principalmente como essa que é a revelação de um Carisma. É um processo dolorido, mas muito profundo".

José Simões

Engenheiro

Há cinco anos no Jantar Beneficente da Pedra Fundamental da Igreja do Ressuscitado, foi distribuído um folder para os participantes apresentando o projeto da obra. José achou a iniciativa interessante e desafiadora. Ele resolveu conversar com Leandro Formolo, responsável pelo projeto, para saber mais sobre o processo. "Leandro, como é que vocês vão fazer?", indagou. "Nós já temos três pedreiros e cinco serventes", respondeu o missionário. A resposta divertida e inusitada gerou no engenheiro o desejo de contribuir de forma direta com a construção.

"Eu tenho que ajudar. Tenho que contribuir com alguma coisa. Eu me propus, como pessoa física, como engenheiro, a dar um pouquinho do que eu sei para essa construção. Hoje estamos com mais ou menos 60% da Igreja construída. Ajudar a Comunidade é um prazer". José já participou do processo de construção de um Igreja em Fortaleza (CE). A gestão do projeto da Igreja do Ressuscitado é feita por ele e sua equipe. "Em termos de engenharia, quem chegar aqui vê a grandiosidade". Não seria possível fazer um obra dessas apenas com concreto e alvenaria, explica o engenheiro. Por isso, a pesquisa dos materiais mais adequados para cada etapa da obra é fundamental.

Experiência com a Igreja

Clique na foto e leia a partilha de alguns participantes do Jantar Beneficente.

 

Galeria de Imagens

Clique e faça sua doação


EXPEDIENTE

COMUNIDADE CATÓLICA SHALOM
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
PORTAL COMSHALOM

Editor: Leonardo Biondo | Textos: Jonas Viana | Fotos: Camila Oka e Eleylson Campêlo | Desenvolvimento Web: Felipe Fernandes.