Foto: Ansa
Igreja

Jovens apaixonados e missionários: Um desejo da Igreja

“Oportunizar o encontro decisivo com a pessoa de Jesus Cristo para que haja jovens apaixonados e missionários que esparramem a boa noticia àqueles que perderam o sentido de viver”, eis a missão da Comissão para Juventude da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

A preocupação com a experiência de fé da juventude e os caminhos que ela escolhe como opção de vida foi tema da fala de Dom Vilson Basso, durante coletiva de imprensa da 56ª Assembleia Geral da CNBB, na tarde do dia 17 de Abril. “A Igreja quer oferecer a oportunidade de uma experiência de Deus e que os jovens possam se encontrar com a pessoa de Jesus”, disse o bispo que é presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude.

Após fazer a experiência de encontro pessoal com Jesus Cristo, disse dom Vilson, o jovem esparrama a boa notícia do Evangelho nos ambientes onde atuam e nos areópagos modernos como as escolas e universidades. É papel também da Comissão, segundo seu presidente, levar a boa notícia aos jovens que encontram- se machucados. Aproximadamente 25% da população brasileira, segundo o bispo, é formada por jovens o que totaliza cerca de 50 milhões de pessoas.

Segundo Dom Vilson, somente a partir da experiência de Deus, os jovens podem fazer a sua adesão ao projeto de vida de Jesus e serem “evangelizadores e anunciadores” da Boa Nova. “Acredito que aí está o coração e o segredo de todo trabalho com a juventude: oportunizar um encontro decisivo com a pessoa de Jesus e aí sim, termos jovens apaixonados e missionários que esparramem a boa notícia em todos os areópagos modernos”, enfatizou.

Dom Vilson afirmou ainda que a Igreja no mundo vive um tempo de Kairós, um tempo de graça, com a realização da Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, que será entre os dias 3 e 28 de outubro de 2018, com tema: “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”.

Trata-se, na avaliação do religioso, de algo inédito na Igreja no Brasil e no mundo. “O Papa Francisco está fazendo algo novo ao colocar os jovens no centro da atenção da Igreja”, disse. Para o bispo de Imperatriz no Maranhão, este sínodo será grande oportunidade para ouvir os jovens e abrir novos caminhos de evangelização.

Dom Vilson lembrou que, na preparação para o sínodo, o Papa tem defendido a ideia de que os jovens sejam protagonistas e deixem sua marca na história e não tenham a postura apenas de turistas que estão de passagem pelo mundo. Ao final da entrevista coletiva, o bispo apresentou o livro ‘Deus é Jovem’, que traz a visão do Papa Francisco a respeito de grandes temas da atualidade para os jovens.

Fonte: CNBB e portal A12.com


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *