Notícias

Jovens viajam cerca de 4 mil quilômetros para participar do CJS 2019

A experiência com Deus através do Carisma Shalom é a principal motivação dos jovens em meio a todas as adversidades da viagem rumo à Fortaleza – CE.

De Cruzeiro do Sul, no Acre, até Fortaleza, no Ceará, são exatamente 3.795,36 km, de acordo com cálculo em linha reta no Google Maps. Contudo, a distância na realidade aumenta, chegando a quase 4 mil quilômetros. O trajeto de avião não é barato e o de carro desafiante. Mas, mesmo diante de tudo isso, 13 jovens da missão Shalom na cidade acreana partem em breve rumo à capital cearense para participar do Congresso de Jovens Shalom (CJS). Eles fazem parte do Projeto Juventude para Jesus (PJJ), coordenado por Everton Laurentino.

Everton explica que a solução encontrada para facilitar a peregrinação foi viajar para as capitais mais próximas da cidade, como Rio Branco, no Acre mesmo, e Porto Velho, em Rondônia. Em média, os jovens vão passar cerca de 10 horas na estrada até uma dessas capitais para poder pegar o avião com destino à Fortaleza. Nessa segunda etapa da jornada, eles passarão aproximadamente 9 horas até aterrissar na Terra da Luz devido às escalas em outras cidades.

A experiência com Deus através do Carisma Shalom é a principal motivação dos jovens em meio a todas as adversidades da viagem. Segundo Everton, o grupo vendeu trufas, fez rifas e ainda conseguiu auxílio de benfeitos. “Mas algo que me chama atenção é a postura de oração e confiança na Providência de Deus, acredito que essa seja a marca dos jovens dessa cidade: a confiança”, testemunha.

Faça sua inscrição

A Divina Providência e os jovens

Os vocacionados Gleisson Marques, 17, e Maria da Conceição, 22, tiveram uma profunda experiência com a Divina Providência no período em que estava se preparando para o CJS 2019. “Em uma convivência com amigos falávamos sobre o evento e, para mim, eles foram voz de Deus, dizendo que eu estaria no congresso e que eu precisava acreditar”. O grupo então fez a Novena de São José e seguiu confiando em Deus. A jovem conta que apresentou seu desejo de ir para CJS várias vezes diante de Jesus no Santíssimo Sacramento.

O jovem Gleisson já tinha desistido de ir para o CJS, mas, na mesma conversa com os amigos, ele ganhou um novo ânimo. “Fomos bastantes formados no abandono em Deus”. Ele percebeu que a luta pela realização da vontade de Deus não se dá pelas nossas forças. “O Senhor torna aquilo que é impossível para nós em possível”. Na atividades que o grupo realizou, Maria ressalta que a missão Shalom de Cruzeiro do Sul abraçou a causa e ajudou bastante os jovens.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *