Sem Categoria

“Os médicos ficaram atônitos, quando liguei para contar”, por Lygia Viana

995555_623157687741730_498854395_nAno de 1963. Meu filhinho de um mês e meio, totalmente desidratado, com infeção intestinal, só pele e ossos. Não aceitava leite nem água. Os médicos chegaram a me dizer que não sobreviveria. O Papa João XXIII estava em agonia, sofrendo muito. Comecei a rezar e implorar que, por sua lenta e dolorosa agonia, fosse devolvida a saúde de meu bebê. Durante vários dias, repetia essas palavras. Aos pouco, lentamente, notei meu filho começando a melhorar, aceitando mamar e tomar colheradas de água.

Os médicos ficaram atônitos, quando liguei para contar, pensaram que iria dizer que meu menino havia falecido. Ele foi melhorando cada vez mais, até ficar totalmente bom. Hoje meu filho tem 47 anos, é forte, saudável e inteligente. Já passou em concursos bem difíceis. Para mim, Papa João XXIII é um santo!


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *