Shalom

Não mais um conteúdo, mas experiências vividas: paz e santidade.

O tema central abordado este ano no Renascer foi “Cristo é a nossa paz!”, ministrado pela Laura Martins que é consagrada na Comunidade Shalom, como comunidade de aliança, assistente social e psicopedagoga. No período da tarde, o tema “Os jovens e a santidade” foi aprofundado pelo Thiago Kenji, missionário da comunidade de vida, seminarista e que atualmente trabalha na Assessoria Vocacional. Logo abaixo você confere um pouco do que aconteceu, mas também a opinião deles sobre cada tema.

Tema Central – Cristo é a nossa paz!

SH: Laura, em uma de suas pregações você nos falou que Cristo é a nossa Paz nessa vida e na outra vida, você poderia comentar mais sobre isto?

Laura Martins: A paz é uma pessoa, e essa pessoa é Jesus Cristo, nesta terra já o temos. Generosamente ele já nos dá aqui a paz, imagine como será na eternidade com Ele. Eu só tenho a dizer que essa paz o mundo não pode dar, e essa paz é possível experimentar hoje, aqui e agora, a qualquer momento que quisermos. Ele está ao nosso lado nos ouvindo, Ele está louco para nos ajudar a viver bem aqui e conquistar o céu.

SH: É possível ter paz em meio aos conflitos?

Laura Martins: Com certeza! Os conflitos, as diferenças, as divergências, tudo isso faz parte da vida. Quando temos Deus, conseguimos a maturidade para lidar com os conflitos, resolvê-los e experimentar a graça do perdão. A humildade da reconciliação, o amor gratuito e desinteressado que nos faz nos dar para além daqueles que nos amam. Muito além disso, o Senhor nos leva a amar.

SH: O que você deseja dizer para aqueles que buscam a paz e não encontram?

Laura Martins: Deem uma chance para Jesus. Você pode ter ouvido falar, seu amigo pode ter lhe dito alguma coisa, seus pais tenham te levado para a Igreja, mas a paz é uma pessoa e essa pessoa você precisa encontrar. Encontrando esta pessoa, você precisa ter intimidade com ela, se deixar encontrar por ela, e encontrando essa paz eu lhe digo: Nunca mais você O deixará.

 

Curso – Os jovens e a santidade

SH: O que foi abordado no curso?

Thiago Kenji: No curso apresentamos a santidade a partir da carta do papa Franscisco. Falamos sobre a santidade no mundo atual, e partilhamos um pouco sobre essa realidade. A santidade é possível e é para todos, a santidade é para todo batizado.

Sah: Você já disse que a santidade é para todos, mas hoje, na realidade em que vivemos, é possível ainda ser santo?

Thiago Kenji: Sim, é possível! Nós podemos ver o testemunho de tantos santos do nosso tempo. No curso dei  o exemplo de um irmão que está no processo de canonização, o Guido Schaffer do Rio de Janeiro, que faleceu em 2009.  Podemos ver a santidade desse jovem que deu toda a sua vida a Deus, e por uma fatalidade veio a falecer. Tão presente e tão atual, até mesmo para o nosso contexto no Brasil.

Eu também partilhei um pouco da quantidade de santos do Brasil que tem crescido, hoje temos 35 Santos. Há ainda uma quantidade bem grande de beatos e bem-aventurados. A santidade é possível através dos Sacramentos da Igreja, de uma vida de oração profunda, Adoração ao Santíssimo, grupo de oração, no acompanhamento.

Deus nos dá muitos instrumentos para viver a santidade hoje, só basta abrir o coração. Uma coisa é importante: é por graça, não pelos nossos esforços, mas sim pela graça de Deus.

SH: Jovem, santidade e alegria. Você acha que isso dá certo?

Thiago Kenji: Com certeza! Elas combinam demais: jovem, santidade e alegria é igual a felicidade. Todo jovem busca ser feliz, e a santidade é o caminho que hoje nos é apresentado para sermos um santo jovem.

 

 

Luisa Fernandes

Comunicação Quixadá


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *