Shalom

No Break – Uma vida sem intervalos

No Break – Uma vida sem intervalos. Essa é a proposta. Em consonância com a fala de Francisco, o jovem é chamado a vivenciar a experiência com o Espírito Santo agora e não permanecer na sala de espera.

Após a vigília de 700 mil jovens na JMJ, no Panamá, em janeiro de 2019, na missa de encerramento com os jovens, o Papa Francisco disse: “Ser jovem” não é “sinônimo de sala de espera, de quem aguarda sua vez”.

E nesse meio tempo, inventamos ou inventam um futuro higienicamente bem embalado e sem consequências, bem armado e garantido com tudo “bem seguro”. Um futuro de laboratório: é a “ficção” da alegria. Continuando, o papa sentencia: “A juventude é o agora de Deus”.

A partir dessa fala do pontífice, pudemos contemplar nesse final de semana, 17 a 18 de agosto de 2019, o Seminário de Vida Jovens, o No Break, na cidade de Curitiba. E quando se adentra na sala de palestras, a frase continua: No Break – Uma vida sem intervalos. Essa é a proposta. Em consonância com a fala de Francisco, o jovem é chamado a vivenciar a experiência com o Espírito Santo agora e não permanecer na sala de espera. Sem intervalos, sem “breaks”, porque, para muitos jovens, as suas vidas já trazem muitos intervalos, “breaks”, que os afastaram de Deus e de sua identidade.

Dessa forma, O Seminário de Vida vem com essa missão: Despertar o coração da juventude de uma “ficção” de uma suposta alegria para embrenhar-se na verdadeira Vida Nova, na felicidade que não passa: Jesus. Isso mesmo: J-E-S-U-S! Como tem poder esse nome. Jesus, o melhor amigo dos jovens, o melhor amigo para uma vida inteira. E é aí que como missionários da vocação Shalom, presenciamos o improvável. Aqueles adolescentes, rapazes e moças que para muitos são considerados sem solução, incrivelmente respondem ao melhor de todos os mestres: Sim, Ele mesmo, Jesus!

Somos uma comunidade carismática de louvor. Somos uma companhia de pesca. Amamos os jovens. Essa é a nossa missão! Bendito seja Deus por presenciarmos continuamente o inesperável, o inverossímil, o impossível, a conversão de uma juventude que não deve ficar na sala de espera, mas buscar o Agora de Deus. E eu te digo, meu irmão, minha irmã, que está lendo esse texto, estamos somente no começo. Mesmo em meio aos desafios e renúncias, temos muita força, coragem e disposição para seguir em frente, nunca sozinhos, mas com a aurora dos jovens ao nosso lado.

Karen Sturzenegger
Consagrada da Comunidade de Aliança


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *