Formação

No silêncio, a Palavra

“Quem possui a palavra de Jesus, este em verdade, pode ouvir o Seu silêncio, a fim de ser perfeito”

“Quem possui a palavra de Jesus, este em verdade, pode ouvir o Seu silêncio, a fim de ser perfeito”. Esta encantadora afirmação de Santo Inácio de Antioquia, bispo e mártir do século I, é capaz de dizer-nos muito ainda hoje.

Estamos acostumados a buscar o Senhor na Sua Palavra. Obviamente, Palavra do Senhor são as Escrituras Santas. Mas, palavras do Senhor para nós é também tudo quanto nos acontece e faz divisar a presença de Deus que conduz a nossa vida. Dizemos que Deus nos falou quando conseguimos entrever um sentido na realidade a nossa volta. Isso já é um grande passo: poder dizer: “Tudo me fala de Ti…”

Mas, e quando tudo parece sem sentido? Eis a ocasião para um passo maior: quando não compreendemos, quando tudo é noite fechada, silêncio de Deus; quando, angustiados, exclamamos: “Onde está Deus?” Também aí, é necessário aprender a escutar Aquele que nos fala na Palavra e nos fala no Silêncio: “Quem possui a palavra de Jesus, este em verdade, pode ouvir o Seu silêncio, a fim de ser perfeito” – este o sentido da frase de Santo Inácio.

Quando escreveu tal pérola preciosa, ele mesmo estava sendo levado para Roma para ser jogado às feras. Ele foi perfeito, pois soube escutar o Senhor na Palavra e no tremendo Silêncio…

A escuta perseverante da Escritura Sagrada, a oração silenciosa, a prática piedosa dos sacramentos, a capacidade de calar o coração nos diversos acontecimentos da existência, tudo isso vai nos ensinando a compreender a linguagem de Deus que envolve também o momento silencioso da cruz e da sepultura do Cristo. Jesus Cristo falou-nos pela palavra de seus discursos e milagres. Mas também nos falou eloquentemente no silêncio da Sexta-feira Santa e do Grande Sábado da sepultura. Um dos grandes desafios dos cristãos de hoje é saber colher a Palavra do Senhor precisamente no Seu Silêncio. Todo mundo – até os pagãos – falam de Deus quando ficam curados, quando realizam um desiderato. Mas, e quando nada dá certo? E quando vêm o tsunami e o fracasso? Que serviço inestimável ao mundo aprender a colher a Palavra do Salvador nesses pesados silêncios e comunicá-la, como luz e esperança ao superficial e agitado mundo de hoje! Aliás, de um modo ou de outro, foi sempre essa uma das mais nobres tarefas dos cristãos…

“Quem possui a palavra de Jesus, este em verdade, pode ouvir o Seu silêncio, a fim de ser perfeito” Que o Cristo, nosso Deus, nos faça perfeitos, cristãos maduros, capazes de ouvi-Lo nos silêncios que a vida vai nos preparando!

Dom Henrique Soares da Costa


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *