Mundo

Noiva converte a recepção de seu casamento cancelado em banquete para indigentes

Muitos casais gastam milhares de dólares em seu casamento dos sonhos. Mas, o que acontece quando é preciso cancelar tudo?

Diante dessa pergunta que nenhuma noiva ou noivo jamais gostaria de responder, Sarah Cummins e Logan Araujo tiveram que decidir o que fazer com a recepção que tinham contratado por um custo não reembolsável de 30 mil dólares, depois de telefonar para indicar que o casamento havia sido cancelado por razões não reveladas.

“Foi realmente devastador”, disse Cummins a ‘IndyStar’. Além de conseguir que o fotógrafo devolvesse parte do dinheiro, todo o restante parecia perdido.

“Telefonei para todo mundo, cancelei, desculpei-me, chorei, telefonei para os vendedores, chorei um pouco mais e depois comecei a me sentir muito mal por ter deixado toda a comida que pedi para a recepção”, expressou.

Após consultar Araujo, Cummins decidiu convidar quatro albergues para pessoas sem lar para que desfrutassem de uma ceia de luxo e a recepção no Ritz Charles em Carmel, Indiana, um subúrbio de Indianápolis. Esperava preencher os 170 lugares que tinham reservado para os hóspedes.

“Para mim, foi uma oportunidade para que essas pessoas soubessem que mereciam estar em um lugar como este, como todos os outros”, disse Cummins.

Organizou até mesmo o transporte desde os albergues e saudou os convidados quando chegaram. Ela quase não foi, pensando que poderia ser muito doloroso, mas mudou de opinião depois que um dos diretores dos programas para pessoas sem lar disse que não podiam esperar para conhecê-la.

“Obrigado por nos receber”, disse a Cummins um dos convidados, um idoso sem lar. “Isso significa mais do que imagina”, acrescentou.

A mãe de Cummins e algumas de suas aspirantes a dama de honra também estiveram presentes. Os convidados foram vestidos com suas melhores roupas.

A generosidade de Cummins inspirou outros, incluindo Matt Guazon, de Indianápolis, que doou alguns trajes de seu próprio armário e convocou outros a fazerem o mesmo, incluindo um alfaiate e uma loja de roupas, que contribuíram com ternos, vestidos e acessórios.

A recepção não mudou muito, além de cortar o bolo na cozinha e tirar a mesa principal.

A diretora de desenvolvimento de Ritz, Cheryl Herzog, ficou tão emocionada pela generosidade de Cummins que levou a história até ‘IndyStar’.

“Estava muito comovida por Sarah, ao ter uma experiência dolorosa, a ter convertido em uma joia para as famílias necessitadas”, disse Herzog. “É realmente um gesto muito amável de sua parte”, afirmou.

Fonte: ACI Digital


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *