Formação

O Cordeiro imolado libertou-nos da morte para a vida

Muitas coisas foram preditas pelos profetas sobre o mistérioda Páscoa, que é Cristo, a quem seja dada a glória pelos séculos dos séculos.Amém (Gl 1,5). Ele desceu dos céus à terra para curar a enfermidade do homem;revestiu-se da nossa natureza no seio da Virgem e se fez homem; tomou sobre sios sofrimentos do homem enfermo num corpo sujeito ao sofrimento, e destruiu aspaixões da carne; seu espírito, que não pode morrer, matou a morte homicida.

Foi levado como cordeiro e morto como ovelha; libertou-nos dasseduções do mundo, como outrora tirou os israelitas do Egito; salvou-nos daescravidão do demônio, como outrora fez sair Israel das mãos do faraó; marcounossas almas com o sinal do seu Espírito e os nossos corpos com seu sangue.

Foi ele que venceu a morte e confundiu o demônio, comooutrora Moisés ao faraó. Foi ele que destruiu a iniquidade e condenou ainjustiça à esterilidade, como Moisés ao Egito.

Foi ele que nos fez passar da escravidão para a liberdade,das trevas para a luz, da morte para a vida, da tirania para o  reino semfim, e fez de nós um sacerdócio novo, um povo eleito para sempre. Ele é aPáscoa da nossa salvação.

Foi ele que tomou sobre si os sofrimentos de muitos: foimorto em Abel; amarrado de pés e mãos em Isaac; exilado de sua terra em Jacó;vendido em José; exposto em Moisés; sacrificado no cordeiro pascal; perseguidoem Davi e ultrajado nos profetas.

Foi ele que se encarnou no seio da Virgem, foi suspenso nacruz, sepultado na terra e, ressuscitado dos mortos, subiu ao mais alto doscéus.

Foi ele o cordeiro que não abriu a boca, o cordeiro imolado,nascido de Maria, a bela ovelhinha; retirado do rebanho, foi levado aomatadouro, imolado à tarde e sepultado à noite; ao ser crucificado, não lhequebraram osso algum, e ao ser sepultado, não experimentou a corrupção; masressuscitado dos mortos, ressuscitou também a humanidade das profundezas dosepulcro. 

 


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *