Formação

O Espírito Santo é mestre na oração

O Espírito Santo quer ensiná-lo a orar

Uma das maiores honras, alegrias, grandezas e riquezas do ser humano é poder relacionar-se, é poder conversar com o Deus vivo.    Alguns consideram honra e privilégio poderem conversar com o presidente da república. Fotografam o acontecimento e o exibem até com vaidade. Uma das grandes alegrias de minha vida foi poder conversar por um breve minuto com o Papa João Paulo II. Ver as fotos renova as emoções daquele dia inesquecível.  Percebamos então a maravilha, a honra e a graça de podermos conversar, sempre que quisermos, com o Deus vivo: com o Pai celeste, com Jesus ressuscitado, com o Espírito Santo.

 

Orar é conversar com Deus

 

Toda conversa, toda fala com Deus é oração. Mas só é verdadeira oração aquela comunicação escrita e lida, ou espontânea, que seja uma  “conversa”, uma forma de comunicação com Deus. Só é verdadeira oração aquela prece que põe em contato o coração humano com o coração de Deus.
O Espírito Santo é mestre em ensinar, formar e educar para a melhor oração, aquela que seja comunicação com Deus.
Porque sabe quanto Deus ama o ser humano e quer perdoá-lo, libertá-lo, curá-lo, preenchê-lo de bens, santificá-lo, realizá-lo e fazê-lo feliz, o Espírito Santo quer levar o ser humano a escutar, a falar, a comunicar-se com o Deus vivo. É principalmente por meio desse  relacionamento que Deus realiza sua obra no coração humano.
Também porque sabe quanto o ser humano é pobre, frágil, necessitado, enfermo  e  pecador  que  o  Espírito  Santo  quer conduzi-lo a se relacionar com Deus. Ele sabe que só Deus tem todas as soluções e respostas para todos os problemas humanos.

Diante desses dois porquês, o Espírito Santo quer ensinar o ser humano a elevar-se para Deus, a comunicar-se com Deus, a orar a Deus, a ouvir e dar respostas a Deus. Numa palavra: o Espírito Santo quer ensiná-lo a orar.

 

O Espírito Santo leva à oração

 

 Basta que a pessoa conheça e acolha o Espírito Santo como amigo, para que Ele se manifeste e a induza à oração, à comunicação com Deus. O Espírito Santo pode até manifestar-se com um Dom infuso de oração. Isto é, pode conceder uma capacidade imediata de abrir o coração e a boca, e começar imediatamente a adorar, louvar, glorificar, bendizer, agradecer, ou pedir perdão a Deus. Mesmo que a pessoa nunca o tenha feito antes.
O Espírito quer ensinar todas as melhores formas de oração como: contemplação, meditação, oração de quietude, escuta, adoração, louvor, ação de graças, salmodia, intercessão, oração penitencial e outras. Pode até conceder o dom de orar numa linguagem ininteligível.
 Mais do que ensinar, Ele pode conceder um dom imediato, pelo qual o coração passa a orar por uma capacidade infusa.
“Espírito Santo, ensinai-me a orar! Ensinai-me a conversar com Deus! A ouvir o Deus vivo! Ensinai-me a me relacionar com o Deus da minha vida e do meu coração! Educai-me para a melhor comunicação com Deus! Dai-me o dom da oração! Sede meu mestre de oração. Amém!”

Pe. Alirio José Pedrini, SCJ


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *