Formação

O resgate da Paz

Há algum tempo não tenho tido oportunidade de
assistir o jornal. Bendito seja Deus, tenho ofertado esse hábito que trago desde a infância, e quando possível o trocado pelo Jornal da meia noite. Bem verdade que as notícias agora me chegam de supetão, fico escandalizada por vezes com o grau de desinformação ao qual me permito chegar, ainda que com o imenso trunfo da internet.

Esporadicamente, no entanto, vejo os flashs de notícias e neste tempo pude perceber o quão reprisadas elas tem se tornado.

Bush continua a importunar nos Estados Unidos, ameaçado por um comportamento texano, machista e conservador. A provocar o eleitor que recentemente o elegeu, ainda depois da guerra no Iraque (veja só que incoerência!!), e agora o exige uma posição mais “amena”. O Iraque, na mesma mão, não muda! Continua sob o poderio americano (do norte), o descaso da ONU, e das nações que poderiam fazer alguma coisa. Parece que por lá decidiram eles mesmo tomar uma atitude, escandalizar o globo, levantar as mãos , abrir os braços e abanando clamar por socorro, como quem está ilhado a espera do resgate. A sensação é que o resgate constantemente sobrevoa os esquecidos e não atreve-se a pousar.

Os seqüestros que agora sucedem com imensa freqüência são a fogueira acesa, para chamar atenção da equipe de socorro, e não permitir que se esqueça de uma população que adentra anos em guerra, sem qualquer perspectiva de fim.

Você já imaginou o fim da guerra no Iraque? Pois é, eu também não!

Desde que me conheço por gente escuto esse pequeno país envolvido em alguma espécie de conflito. Imagino agora que existe, como eu, toda uma geração que não conhece a paz por lá!

Se para mim, a paz iraquiana virou uma utopia distante, fico a imaginar as histórias por lá contadas, na espera constantemente suspensa por paz! Imagino avós contando a netos sobre algum tempo onde se pode andar nas ruas sem medo, sem revistas de guardas armados, sem toque de recolher. Imagino e sofro por uma geração que deve ter se perdido na desilusão de uma guerra que nunca acabou!

Olho para o Iraque e vejo um mundo que espera e súplica pela mesma Paz!

A notícia de PAZ!!! Gerações e gerações que ouviram falar de uma Paz milenar a qual misericordiosamente fomos apresentados! Jesus Cristo é o clamor dos corações que esperam por nós! Equipe de resgate! Chocam-nos com seus seqüestros, estupros, roubos, drogas, sexualidade controvertida, mentira, corrupção, no único, ÚNICO intuito de chamar a nossa atenção, a acender a fogueira que nos leve mais perto, nos faça pousar e enfim dizer:

– BASTA! Que haja PAZ!

Tomemos coragem, pois o Capitão desse resgate vai por nós!!

Marcela Mendonça
Comunidade de Aliança Salvador


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *