Shalom

O resgate histórico do amor

A exposição se propõe a apresentar a experiência dos 420 anos da Catedral antiga. Nas escavações, encontraram diversos elementos, a exemplo do piso da construção original, que era de barro. 

Arte, história e o amor de Deus são as três palavras que marcam a exposição dos 420 anos da Catedral Antiga de Natal no Halleluya Natal 2019. A mostra está situada na entrada do Espaço da Misericórdia e resgata fatos ilustres da Igreja e da cidade de Natal, que neste ano também celebra 420 anos de fundação. Ciro Othon, consagrado da Comunidade de Aliança e arquiteto, explicou que a exposição se propõe a apresentar a experiência dos 420 anos da Catedral antiga. Nas escavações, encontraram diversos elementos, a exemplo do piso da construção original, que era de barro. 

Durante a invasão holandesa ao Nordeste, houve o martírio do pároco da igreja de Natal junto a uma parte de seus fiéis, sendo mortos em Uruaçu. Santo Ambrósio Francisco Ferro foi canonizado em 2017 pelo Papa Francisco, junto aos outros mártires potiguares, sendo celebrados na Igreja hoje como Protomártires do Brasil. 

O pároco da época teve a iniciativa de reconstruir a igreja, após a expulsão dos holandeses, conseguindo fundos e donativos, inclusive com doações do Rei de Portugal, que enviou também um engenheiro para ajudar a coordenar a construção da catedral. Nesse período três pescadores encontraram uma imagem de Nossa Senhora dentro de um caixote no Rio Potengi, que desde então, se transformou na padroeira de Natal, o que agregou mais importância ao templo e amor dos devotos. 

Só em 1909 a Igreja se transformou em Catedral, quando Natal virou diocese. “Em 1994, houve uma restauração, em que foi retomado o estilo arquitetônico original da antiga igreja, do período colonial, retirando elementos góticos, barrocos e renascentistas e deixando pedras expostas e retomando a arquitetura colonial, própria do início da cidade”, afirma Ciro Othon. 

Flavia Andrade, professora, conhece e já visitou a catedral antiga de Natal e sabe de sua importância enquanto católica. “Estou gostando bastante , porque enquanto professora de língua portuguesa, a gente dá muito valor à arte, à cultura e principalmente à arte sacra.”, enfatiza a professora. 

A Tenda da Misericórdia na 10ª edição do Halleluya Natal tem uma decoração especial. O pano de fundo do capela do Santíssimo Sacramento foi inspirado por Deus a ser uma réplica do retábulo da Catedral Antiga de Natal, resgatando a espiritualidade dos primeiros habitantes da cidade e dos mártires, que se firmaram em Cristo nessa igreja tão especial. 

 

Leia mais

Misericórdia e intimidade com Deus no Halleluya Nata

Sobre escolher amanhecer todos os dias

Um novo Rosa na décima edição do Festival Halleluya Natal

Campanha Social arrecada alimentos durante o Halleluya Natal

 


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *