Foto: Pexels
Formação

Os carismas e o sacerdócio comum

Os carismas abrem valas profundas na alma dos homens de vida nova no Espírito Santo.

Os dons provêm da intercessão que todos devemos praticar em nosso sacerdócio comum recebido no Batismo: “Cristo Senhor, Pontífice tomado dentre os homens, fez do novo povo um reino e sacerdotes para Deus Pai. Pois os batizados, pela regeneração e unção do Espírito Santo, são consagrados como casa espiritual e sacerdócio santo, para que por todas as obras do homem cristão ofereçam-se sacrifícios espirituais e anunciem os poderes d’Aquele que das trevas o chamou à sua admirável luz.

Por isto, todos os discípulos de Cristo, perseverando em oração e louvando juntos a Deus, ofereçam-se como hóstia viva, santa, agradável a Deus. Por toda parte deem testemunho de Cristo. E aos que pedirem deem a razão da sua esperança da vida eterna” (LG 10).

No exercício dos carismas, estamos vivendo a nossa vocação sacerdotal, o nosso chamado de entregarmos as nossas vidas para o serviço do reino de Deus. Um serviço não mais vivido pelas nossas forças humanas debilitadas, mas pela força que brota da união com o sacerdócio de Cristo, que “se entregou por nossos pecados e ressuscitou para a nossa justificação” (Rm 4, 25), o único que “tem por condição a dignidade e a liberdade dos filhos de Deus, em cujos os corações habita o Espírito Santo como num templo” (LG 9, 25).

Dotados pelos carismas do Espírito Santo, submetidos a Cristo Jesus, em unidade com a Igreja, somos chamados a fomentar a renovação e o incremento da mesma, como de todos aqueles que estão distantes e a “estabelecer, então, o Reino de Deus, iniciado pelo próprio Deus na terra, a ser estendido mais e mais até que no fim dos tempos seja consumado por Ele próprio, quando aparecer Cristo nossa vida (Col 3, 4) e “a própria criatura será libertada do cativeiro da corrupção para a gloriosa liberdade dos filhos de Deus” (Rm 8, 21).

Somos chamados a desempenhar o apostolado da “vida nova” (Rm 6, 4) em Cristo Jesus, um apostolado vivido no Espírito Santo e na graça. Um apostolado vivido em comunhão com o Filho de Deus ( I Cor 1, 9), com seus sofrimentos (Fil 3, 10), temos “participação” no Seu sangue e no Seu corpo (I Cor 10, 16). Um apostolado vivido em comunhão com o Espírito Santo ( II Cor 13, 13). O Espírito que nós “participamos”, nos alcança os dons espirituais, a caridade e os outros frutos seus, os carismas.

Estes dons aparecem como uma participação na pessoa do Espírito: é uma pessoa divina que se comunica a si própria nos dons espirituais. Ele é intermediário entre Deus e os homens, comunicando-se aos homens, parece identificar-se com os dons que dele emanam e assim penetrar nas realidades deste mundo (O cristão na teologia de São Paulo).

Através dos carismas, o mundo vê Deus atuando em seu meio, dando testemunho de Sua presença. Os carismas abrem valas profundas na alma dos homens de vida nova no Espírito Santo.

Bibliografia Consultada

  • Bíblia Ave-Maria
  • Estudo Bíblico Enchei-vos
  • Carismas – Coleção Paulo Apóstolo
  • O despertar dos Carismas
  • Catecismo da Igreja Católica
  • Christisfidelis Laice
  • Como usar los carismas – Benigno Juanes
  • Lumen Gentium

Dons Efusos do Espírito Santo

Dons do Espírito Santo: Dom de Línguas

Dons do Espírito Santo: Dom de Ciência

Dons do Espírito Santo: Dom de Profecia

Dons do Espírito Santo: Dom de Sabedoria

Dons do Espírito Santo: Dom de Cura

Dons do Espírito Santo: Dom da Fé

Dons do Espírito Santo: Dom de Milagres

Dons do Espírito Santo: Dom do Discernimento


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *