Formação

Os dons do Espírito Santo devem ser pedidos, mas pedidos com fé

Só aqueles que reconhecem o valor dos dons na sua vida cristã e no serviço aos irmãos são impulsionados a pedi-los ao Pai como Jesus mesmo nos ensinou.

Quando compreendermos porque foi necessário Jesus “enviar o Prometido de seu Pai para que os apóstolos começassem a cumprir a sua missão de pregar a penitência e a remissão dos pecados a todas as nações” e de serem “testemunhas” vivas de tudo isso, encontraremos motivos de sobra para com muita fé pedir ao Pai estes dons, este revestimento da “força do alto”, a fim de cumprirmos fiel e diligentemente o que exige o nosso Batismo.

Só aqueles que reconhecem o valor dos dons na sua vida cristã e no serviço aos irmãos são impulsionados a pedi-los ao Pai como Jesus mesmo nos ensinou: “Pedi, e dar-se-vos-á, buscai e achareis, batei e abrir-se-vos-á. Pois todo aquele que pede, recebe; aquele que procura acha; e ao que bater, se lhe abrirá” (Lc 11, 9-10).

É necessário pedirmos ao Pai que ele nos revista da “força do alto” em sinal da nossa adesão a Ele, em sinal do nosso “sim”. É necessário dizer ao Pai, como Jesus e Maria, que aceitamos a missão que Ele nos dá no nosso Batismo, que esquecemos de nós mesmo, da nossa acomodação, dos nossos medos, da nossa incapacidade. Dessa forma, olhemos só para Ele, olhemos só para a instauração do seu reino e a salvação das almas.

Nesta oração ao Pai, chamamos Seu Espírito Santo e com Ele os seus dons, nos abandonamos inteiramente nas Suas mãos, comprometemo-nos inteiramente com Ele na salvação das almas, reconhecendo todo o nosso nada, mas confiando plena e unicamente no seu poder. Sem Ele não poderemos nos afastar da nossa vida medíocre e fechada em nós mesmos.

É necessário pedir ao Pai os carismas, mas pedir com fé, para usá-los também na fé. A fé “move” a manifestação do poder de Deus através de seu Espírito Santo. Na palavra de Deus, temos várias narrações que relatam a fé como canal de cura, libertação, ressurreição dos mortos, como dispositivo fundamental para a manifestação do poder de Deus (Mc 5, 25-34; Mt 8, 5-13; Mt 9, 27-29; Mt 14, 21-28).

Bibliografia Consultada

  • Bíblia Ave-Maria
  • Estudo Bíblico Enchei-vos
  • Carismas – Coleção Paulo Apóstolo
  • O despertar dos Carismas
  • Catecismo da Igreja Católica
  • Christisfidelis Laice
  • Como usar los carismas – Benigno Juanes
  • Lumen Gentium

Dons do Espírito Santo: Dom de Línguas

Dons do Espírito Santo: Dom de Ciência

Dons do Espírito Santo: Dom de Profecia

Dons do Espírito Santo: Dom de Sabedoria

Dons do Espírito Santo: Dom de Cura

Dons do Espírito Santo: Dom da Fé

Dons do Espírito Santo: Dom de Milagres

Dons do Espírito Santo: Dom do Discernimento


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *