Igreja

Papa aos jovens: tornar a nossa Casa comum mais bonita e habitável

“Que os rejeitados, especialmente entre os jovens como vocês, encontrem em seu coração, livre e aberto, um porto acolhedor”, ressalta Francisco na mensagem aos jovens italianos.

O Papa Francisco enviou uma mensagem, nesta quarta-feira (22/05), ao presidente do Conselho de Estado da Itália, Filippo Patroni Griffi, por ocasião do Dia da Legalidade, celebrado na segunda-feira, 21.

No texto, Francisco se dirige aos jovens e os encoraja a tornar nossas cidades mais bonitas e habitáveis.

“Que a indiferença que destrói as relações possa ser vencida pela sua capacidade de proximidade, sobretudo em relação aos que passam necessidade. Diante do desprezo e do cinismo até mesmo  verbal que humilha os que já são duramente provados pela vida, as pessoas encontrem em vocês generosidade e capacidade de ternura. Que os rejeitados, especialmente entre os jovens como vocês, encontrem em seu coração, livre e aberto, um porto acolhedor. É isso que o Evangelho de Jesus pede. Como escrevi na recente Exortação Apostólica (Christus vivit), endereçada a vocês: “O que ele toca se torna jovem, se torna novo, enche de vida.”

Francisco convida os jovens a “se sentirem motivados a percorrer caminhos de acolhimento e legalidade da justiça, princípios fundamentais da Constituição italiana que inspiraram estilos de vida compartilhados e apreciados por muitos”.

“Continuem sonhando e façam tudo o que for possível para tornar a nossa Casa comum mais bonita e habitável”, conclui o Papa.

Leita também

Francisco convidou os jovens do mundo inteiro a ler Christus Vivit

Padre João Chagas fala sobre a “Christus vivit” e o Fórum Internacional da Juventude

Exortação Apostólica: Que os jovens sejam sempre missionários!


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *