Igreja

Papa Francisco faz novo apelo pelo povo do Sri Lanka

No Regina Coeli, o Papa Francisco expressou sua proximidade ao povo do Sri Lanka ferido pelos atentados no Domingo de Páscoa. Mais uma explosão nesta segunda-feira.

Depois da oração do Regina Coeli, na segunda-feira do Anjo (22/04), o Papa Francisco voltou novamente o seu pensamento ao povo do Sri Lanka:

“Expresso novamente minha proximidade espiritual e paterna ao povo do Sri Lanka. Estou muito próximo ao meu querido irmão, o cardeal Malcolm Ranjith Patabendige Don, e a toda a Igreja arquidiocesana de Colombo. Rezo pelas numerosas vítimas e feridos, e peço a todos para que não hesitem em oferecer a esta querida nação toda a ajuda necessária. Espero também que todos condenem estes atos terroristas, atos desumanos, não justificáveis.”

A seguir, o Papa convidou os fiéis presentes na Praça São Pedro a rezarem uma Ave-Maria pelo Sri Lanka.

Francisco desejou aos fiéis de “transcorrerem estes dias da Oitava da Páscoa com fé, em que se prolonga a memória da Ressurreição de Cristo. Aproveitem toda boa ocasião para serem testemunhas da alegria e da paz do Senhor ressuscitado”.

O Papa desejou a todos uma Feliz e Santa Páscoa e pediu aos fiéis para não se esquecerem de rezar por ele.

Mais bombas

Entretanto, uma nova explosão no Sri Lanka. Uma bomba explodiu perto da igreja de Sant’Antonio, em Colombo, e provocou pânico e fuga dos presentes. Segundo as agências de notícias internacionais, as forças policiais envolvidas nas buscas e nas investigações sobre os atentados deste domingo, no Sri Lanka, encontraram 87 detonadores perto de uma parada de ônibus na capital, Colombo.

290 mortos e 500 feridos

O número de mortos nos ataques no Sri Lanka sobe para 290 e 500 feridos. É um balanço ainda parcial. Foram atingidas três igrejas durante as celebrações pascais e três hotéis de luxo de Colombo. Totalizaram oito explosões. As igrejas atingidas são a igreja de Santo Antônio, em Colombo, a de São Sebastião, em Negombo, localidade com a maioria católica no norte da capital, e Zion Church, em Betticaloa, no Leste.

No país foram anuladas todas as celebrações pascais, imposto o toque de recolher, já revogado na manhã desta segunda-feira (22), e bloqueadas as redes sociais para evitar circulação de notícias falsas e mais violência. Nenhum grupo reinvidicou a autoria das ações até o momento.


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *