Mundo

Portugal reza pela paz como resposta à onda de terrorismo

 Depois dos atentados em Paris, a Comissão Justiça e Paz decidiu organizar um momento de oração pela paz, como resposta cristã à onda de terrorismo que se tem feito sentir um pouco por todo o mundo.

paz6

Em Lisboa, no dia 25 de Janeiro, será rezado o terço no átrio da Igreja de São Domingos, pelas 17h00. O local foi simbolicamente escolhido a pensar num momento negro que marcou a cidade: o massacre dos judeus em 1506.

A escolha do dia também não foi arbitrária. O dia 25 de Janeiro é um Domingo, dia da festa da Conversão de São Paulo, de perseguidor a apóstolo das nações. Para além disso, o dia também coincide com o fim do Oitavário de Oração pela Unidade dos Cristãos.

O terço começa pelas 17h00 e termina com uma Eucaristia na Igreja de S. Domingos. O Santuário de Cristo Rei, em Almada, também se associou à iniciativa, estando prevista uma Eucaristia pela mesma hora, celebrada pela mesma intenção.

A iniciativa contará com a presença de amigos e benfeitores da Ajuda a Igreja que Sofre (AIS), paroquianos de Lisboa e do Seixal, e instituições como a Caritas, Rádio Renascença, Agência Ecclesia, Família Cristã, Canção Nova, Voz da Verdade, Apostolado da Oração e Presépio na Cidade, entre outras.

A Comissão Justiça e Paz quer revestir esta acção de carácter nacional, pelo que se encontra a apelar a mais instituições, grupos e paróquias de todo o país, para rezarem no mesmo dia pela mesma intenção: Dia 25 de Janeiro, Rezar o Terço Pela Paz.

Para chegar aos grupos mais jovens foi criada a hashtag #RezarPelaPaz, para que possam ser feitas divulgações através das redes sociais.

 

 

Fonte: Arquidiocese de Braga


Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião da Comunidade Shalom. É proibido inserir comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem os direitos dos outros. Os editores podem retirar sem aviso prévio os comentários que não cumprirem os critérios estabelecidos neste aviso ou que estejam fora do tema.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *